domingo, setembro 26, 2010

que sopro pelo espírito das vossas induções, me chega aos ouvidos com essas belas imagens do nascimento do bebe, que já nasceu no cu da europa, bela frase cheia de perfume requintado, seus tolos, depois a saga em imagens mostra o papa , o rei e a rainha, como se olhando o berçário, mantido oculto,

como quem diz que o filho da esposa virgem que o Pai não conhece já nasceu

ocultai-os e morrereis todos

q ue s o pro p elo es pi rito das v os sa indu ço es, me c h ge a a os ouvidos com dessa serpenet de belas, ima ge ns do na s cie maior  nt o do bebe, q ue j á na c eu no cu da europa, b ela fr ase che ia de perfume, cc req u in t ad o, se us dos tolos, d ep o is a sa g a em ima ge ns mo st r cao papa , o rei e a raina home , c omo se o l h ando o be rc ça es rio,

c omo q ue maior di zorro q ue do circulo do filho da es posa virgem q ue o Pai  n cao c on he ce j á na sc eu

o cu l t ai do traço ingles oe e emo mor re reis todos

o anel do gato da gaiola do que chamais de estados imponderáveis, para vos burros, nunca para o gato

o ane l dog ato dag gai ola doque c ham a si de es sat td os im ponde r ave is, para v os burros, n unc a pa ar circulo do gato

aqui se agita ao momento o ecrã como perpassado pelas frequências de qualquer acto de comunicação, mesmo os que estoiram ou fazem estoirar

a qui se a gita cao mom nt o o ecra c omo per ps sado p delas, das  fr eq e un cias dec u l q ue rato do acto de co muni cç cao es, mesmo os q ue es toiram o u f az e m es toi r ar

no céu a chama sobre a lua, e três garras do lado direito, antes no por do sol, sobre o ocidente, o pássaro de fogo, a espada templário aqui, me fala da rosa do mundo

no c eu a chama s ob re a l ua, e t r es garras do l ad o direito, ant es no por do sol, praia, s ob reo o c idente, o passaro de fogo, a es a pda templaria qui, me da fala da rosa do mundo

ane l par e c id o com outro antigo q ue fez do circulo do pm,  mna al tyr a di ze r q ue agora gb estav porte gida p ela bom aba de hidro gen io qua n do s toi r o ua o it o mi l metros de la tua s ob re a ilha