terça-feira, dezembro 07, 2010

nesse dia no interior das amoreiras, ao pagar o kanguru como narrado num dos ultimos videos

nesse dian ano inter iro do rato ps do iro das amoreiras, cao pa g aro kan g u rui c omo na rr ad on um do s ul t imos v id deo s



bela rainha do reino unido, aqui fica certamente para memoria futura das larvas, o eco dos tais passes via yahoo, sobre os anéis da princesa diana, e agora ao que parece da katie, e dos tais reflexos de velas triangulares que pode ver com uma lupa neste anel posto no dedo da mariza, que embora aqui não se veja, trás face de joker diabólico, amplamente e em, pormenor narrado aqui em textos recentes


b ela , a rainha do reino unido, aqui fca cera rate maior nt, é para me mor ia fu da tura , a das larvas, circulo dó, é codos tais, br,  p ass es via do delta da primeira do circulo do home duplo, s ob re os ani es da pric ne sa da diana, é agora cao q ue pa rece da kat tie do ie, é dos tais, br,  ref for mula one le dos xos de velas t ria n gular ares es q ue da pode, ver com de uma lupa nest e anel post on circulo do dedo da mar iza, q ue em bora aqui n cao se da veja, t rato  as da face,  de jo kapa e rato  dia bolico am p lam am, mente, e é maior, por men o rato  na rr ad aqui em tex t os re en t es



mar iza do fado ce ru zorro  rato do cao da ad di cio na akl, é circulo de en ovo, do cop ciculo do diplomático, da am mais, fr, inter na cio na al, da serpente dos artistas, pot vaso das guesas , uma home mena da menagem, da torre, as rai zorro do espanhol, do forte do ad circulo , é do serpente os dos poetas


a tal loja de joias da tal alva ruivinha, uma das imagens da tori, como explicado em texto recente, a do passe do bando do amaral no dia da procissão do corpo de deus, na se, coma participação activa dos vermes do policarpo,



tocou o alarme e a senhora saiu da loja esfregando as maos, 

toco vaso circulo ola la rato me , é a primeira serpente dao en hora, sa eu da al loja, es frega gan do as am da maos



e as borboletas na linha que vem desde o point de vue e que passa também pelo skull and bones e pela bolada no obama

é as das borboletas, bo rb bolt, onu, ex embaixador da eua,  é as na linha q ue vaso em de sd deo do p o int de v ue eq ue p ass a tam am tambem p elo sk vaso do ll and b one es , é p ela , a da b o lada no obama

diz ainda a imagem , ue se , mente , o circulo, da sé, mente, quem diria

querida rainha, é quase natal, tudo está funcionando regularmente, eu como sabe, que sou santo, trago meu filho em casa e os bandidos pedófilos e torturadores de crianças, foram todos presos e acusados, e os políticos deixaram de ser corruptos, certamente por obra e graça do espírito santo

q ue rid id da primeira da rainha, é qua ua ase do natal, tudo e stá fun cio nando re gular mente, eu c omo sabe,  q ue s o u san to, t rago meu filho,  em c asa, é os bandidos pedo da filo, a puta do mc,  se dos torturadores de crianças, foram pt todos presos e ac usa sados, é os pol it tocos de ixaram de ser co da dp r ru t os, russia,  ce rta em nt e por ob r a é g r aça do banco ,o es pi rito s ant o

a fazer conta no que aqui se le nos jornais dos bandidos e afins, ate parece que a senhora foi alvo de cortes nos aquecimentos do palácio, bem com em dia recente uma outra aparente noticia dava conta que o rei seu consorte, se ia afastar da vida publica ou algo assim e dele relembravam, alguns dos dizeres, que dizem inconvenientes, eu para ser franco, mais da franqueza me pareceu, o que é sempre boa qualidade em qualquer espécie de homem inclusive um rei

primeira f az ze é rato da conta ano q ue aqui ki,  vaso  ise sele nós dos jornais dos bandidos e a fi ns, a te pa rece q ue primeira s en hora f oi alvo de co rtes nós a q ue cie maior nt os do pala ac do cio, be mc om em dia re cente , uma outra ap a ren te not ti cia d ava conta q ue do circulo do rei s eu c on s orte, se do ia a f as tar da v i d a pub lic ao vaso ual gato circulo  as si me dele,  rato ele lem br ava vam am , al g un sd os di ze ratos espanhois, q ue di ze min da inc on vine ien t es, europeu  para ser franco, nuno,  mais, fr,  da fr anque za me pa receu, o q ue é se mp r e boa q wu lida dade em q ual wue rato es pe cie de homem inc l us ive um rei
me pergunto rainha, contudo, se o dinheiro faltará também a policia, pois nada se ve em domínio publico das investigações sobre os atentados em londres depois destes anos todos, ou se pura e simplesmente já nada se investiga nos crimes de matança da foice larga, pois passam na aparência os dias e mesmo os anos e as ficções diluídas sobre a responsabilidade de tão negros actos continua a imperar sobre a verdade e a justiça, os garantes da paz 

me per gun t o rainha,  c irc uk primeiro circulo em  tudo, seo circulo do dinheiro , f ala cruz  ra tam am tambem primeira pol ica, p  ois n ad a s eve em do mini circulo do jornal publico, da às in v es tiga ço es s ob r e os a t en t ad os em londres,  d ep o is de ste es ano serpente  todos, o use p ur a é si mp l es, mente,  já n ad a se in vaso de  est tiga nós dos crimes circulo rim espanhol,  de mat ança es da fo ice do primeiro da arga gap p o is p ass sam am mna ap ar e cn ia os dias, psd,  é mesmo serpente  ano se ás das fic ço es di lui id as s obr e a r es ponsa bil id ad de tao negros acto serpente c on tin ua a im pera ar s ob re a verd ad e é prime ria da justiça, os gara nt es da paz


me recordo neste preciso momento de blair no dia seguinte, ou talvez no mesmo mangas de camisa branca arregaçados, o medo e a adrenalina estampado em sua face, e depois mais uma morte de um que passava e que se pensou ao momento levar uma outra bomba 

me record circulo do nest, é pre ciso mo men to de blair no do dia seguinte, r tp,  o u t alvez no do mesmo man gas de ca misa br ança es ar r ega çado as, circulo do medo, é primeira ad rena lina est am pado em serpente da ua da face, e é d ep o is mais, fr,  uma morte de um q ue p ass ava eq ue se pen s o u cao mo men tol do prime rio da eva do rato, ps,  de uma outra do bo mba 

é quase vésperas de natal, as cidades funcionam regularmente como os comércios das prendas, e por decreto lei do espírito a pobreza foi como acto magico, abolido do uno mundo, olho as luzinhas que se acendem neste desperdício de uma câmara cheia de dividas pelos constantes roubos do erário publico, à imagem do que se passa em qualquer escala, e sei que parte deste povo passa fome

é q ua ase v es peras de natal, as cida d es fun cio n am re gular ,mente, c omo os co mer cio sd as pre dn do quadrado do às da ase, épor dec reto da lei do es pei t io da primeria  p ob r e za f oi c omo acto magi co, ab o lido do un o mundo, olho as luzinhas, e dp,  q ue se ac en de maior nest é d es per dc cio do io de uma cama ra c he ia de di v id as p elos co ns t ant es ro ub os do e ra rio do publico, à ima ge mdo deque da se p ass a em q ual q ue rato da  es cala, e s ei q ue p arte d este p ovo p ass a fom e

um clamor subterraneo de justiça ainda nao cumprida corre nas veias, e se insinua em negro desejo de outras luzes, pois ao coraçao avisado e justo, assim diz relembrabdo, parece que só com mais sangue, a jstiça volta as cidades onde foi violada e estrupada

 um c lam am mor , subterraneo,  de justiça a inda n cao cu mp r id a cor rena s veias, é se in sin ua em negro desejo , deo de outras l uz es, p o is cao cora raçao av isa sado é just o, as si maior di zorro rato ps el lem br a bdo, pa rece q ue s ó com mais sangue, a js tiça es vol t a as cida dade es onda f oi viol lada e est ru pada


talvez minha rainha, quem saiba, este natal, ou no proximo, um metro cheio de explosivos se diriga ao parlamento e por baixo o atinja e o faça voar em mil pedacinhos, como num filme com uma bela raparoga judia que aparece de cabelo rapado, a nos lembrar,outros tempos, dos nazis, e nos deixca  apensar, mas nao serao estes regimes piores, na medida em maior é a hipocrisia, e menor a justiça real que é garantida a todos, assim se poem as bombas, assim swe roubam crianças, assim as torturam, assim, se negam os direitos civicos e humanos a muitos durante anos a fio sem mesmo qualquer acusação formada


t alvez min homem da primeira rainha, q ue maior  sa iba, de este natal, o un circulo do pro x imo, um metro c he io de e x p lo s iv os se di riga cao parlamento, é por ba do xo circulo  a tin ja, é circulo da faça es vo ar em mi l peda cin h os, c omo nu maior fil me c om,  uma bela ra par o gata jud ia q ue a pa rece de cab elo ra pado, primeira  no s lem br ar, aro de outros tempos, dos nazis, é nós de ix ca  ap en s ar, ma serpente  n ao se ra o est es re gim es pi o r es, na me dida em maio ré, primeira hipo cris ia, é men o ra da justiça real,  q ue é gara nt id a , a todos, as si maior da se poe maior  ás b o mba s, as si maior  sw é ro ub am crianças, as si maior  as tor t ur am, as si maior da se ne ga am os de direito ,serpenet  c iv icos, é h um ano sa de mu it os

duran te ano safio se maior do mesmo,  q ua q l u wer ac usa º cao for m ad a


ah senhora rainha, que saudade de absolutismo, de uma espada absoluta, que tentação, que esta negritude corte de uma vez, maior saudade, ainda  minha rainha, o do vosso amor absoluto, ou o absoluto amor

primeria do homem  s en hora rainha, q ue da vera saudade, ps, mario soares,  de ab sol u t is mode de uma es a pda ab sol u t a, q ue e sta negri ritu de co rte de uma v e zorro, maior s ua dade, a inda  min home da primeira  rainha, o do vaso do osso amo rato ps do ab sol u to, ouo ab sol vaso do to da am mor 


reparai ainda senhora, que nos textos de hoje a espada mais uma vez desvela o tal ingles relacionado com essa puta terrorista do socrates, o tal do freeeport, o tal que tras o noem do ferreiro, quem diria, smith, que curioso estes merdas que se pensam mais do que sao, ar  e vento de virus que sao e que os rasgara as entranhas por dentro, morra, seu merda!!!! 


rato do  epa rai a inda s en hora, q ue nós tex t os de h oje primeira es pada mais,  uma v e zorro d es vela ad circulo do t al ingles,  rato dela , o do ac cio na ado com essa puta terrorista do socrates, o t al do fr ee ep do orto , t al q ue t rato ps as o noe md circulo do ferreiro, q ue maior md da  di da ria, sm it home , q ue cu rato da iso est es merdas,  q ue se p es sn am mais,  doque sao da ar  e v en to de vi ru s q ue sao,  eq ue os r as sg gara ás das entranhas por dentro, mor rato ps do ra, serpente da  europa  merda!!!!



Versos de orgulho

o mundo quer-me mal porque ninguém
tem asas como eu tenho ! Porque Deus
me fez nascer Princesa entre plebeus
numa torre de orgulho e de desdém.


porque o meu Reino fica para além ...
porque trago no olhar os vastos céus
e os oiros e clarões são todos meus !
porque eu sou Eu e porque Eu sou Alguém !


  o mundo ? o que é o mundo, ó meu Amor ?
o jardim dos meus versos todo em flor ...
a seara dos teus beijos, pão bendito ...


meus êxtases, meus sonhos, meus cansaços ...
são os teus braços dentro dos meus braços,
via Láctea fechando o Infinito.

flor bela es p anca

acusaçao ao bando do bode, ou seja o juiz corrupto do supremo, ladrao de crianças e delas abusador

nas linha do ultimo texto aqui publicado, se desvela relacionado com o bp do pi,. um do bode, bode é como eu chamo a esse filho da puta, noronha do nascimento,  que a morte vos venha em forma rápida !!!!!!!!

na serpente da linha , do u l t imo tex to aqui,  pub li cao quadrado da se d es vela rato ela , a do ac cio n ado com do circulo do bp do pi,. um do bode, bode é c omo europeu c irc uk lodo, o circulo do ham da manha,  circulo da primeira desse filho da puta, noronha do nascimento,  q ue prime ria da am morte orte,  vaso do os v en home da primeira em forma ra pida, fac !!!!!!!!
 

so grandes crimes, poderiam levar essa terrorista noronha do nascimento a me negar sistematicamente ao longo de diversos anos, o que as lei me garante, nomeadamente na defesa de meu filho, não é seus fascistas de merda

,
serpente do circulo  g rand es crimes rim espanhol, pode ria am l eva rata,  essa do terrorista noronha do nascimento, p + rime ira primeira da me negra sis t ema tica am nete cao l on gode diver s os ano serpente, o q ue ás da lei,  me gara ran te, no me ad dame do dam am , a que mente , na de fesa de meu filho, n cao é se us f as c ista s de merda, 

Ainda sobre alguns dos aspectos dos ultimos videos aqui publicados, segunda parte,


A inda s ob re al gun sd os as pe ct os do sul, cruz imo serpente ge do vaso id do deo saqui , id do circulo do qui aqui, do pub li dos cados serpentes , se do gato do vaso do bn, a da prime ria da primeira puta da arte

um dos factos que neles dou conta, é um novo flash com a imagem das amoreiras diversas vezes aqui entradas, em leituras diversas, sendo que esta teve também um eco na hillary clinton logo em dia seguido por um pormenor, das mãos dela que figuravam as duas torres que se vem numa desta imagens num contexto onde pela enesima vez se dava conta da errada posição da america face ao a um irão eventualmente  nuclear, mais curioso ainda sobre esta senhora, foi em dia a seguir a esta primeira noticia, ter aqui saído uma outra onde ela dava conta da intenção de abandonar a carreira politica nos tempos mais breves

um dos f ac stos q ue nel es do vaso da conta, é um n ovo fla serpente homem com da primeira ima mage mda s amo mor eira das iras serpente da di ver sa v e ze es aqui das entradas, em lei it das turas diver s as, s en doque desta, a da teve tam am tambem , um é cona ad da primeira da hillary clinton , nl prim ero circulo ogo em dia se guido , por um por men o rato , das maos dela q ue figo ur ava vam am às das duas torres, quadrado da ue se vaso em nu ma ad desta ima mage en ns n um c on tex to onda p dela , ene sima v e zorro da se d ava conta, da e rr ad a po siç sao es, a da am mer cia eua da face , cao da a um do irao, eve en t a ual lem nt e nuc lea da ar, mais, fr, cu rio osso da a inda s ob re e sta sw en hora, fo do oi em dia primeira se gui ra desta, a primeira ano do not da ti da cia, teresa a qui aqui, sa id do circulo de uma outra one dela, a d ava conta da inten sao es de ab ban dona ar da pri é mr ria da ar , a da ira pol it tica dos nós do tempo da serpente mais da br eve da espanhola

durante a escrita da carta à tori amos, ouvi pelo espírito que , ela sempre amou o melhor, curiosa frase que se consciencializou, pois não trazia identificação, mas que penso de alguma forma se poder aplicar a senhora hillary, e sendo que esta frase é manhosa em si mesma naquilo que ela desvela, como alguém sem coraçao nem princípios nele que ama em função de uma qualquer performance, certamente se pode aplicar a muitos outros, tal desvelador dizer dos maus corações

d ur ante da primeria da es circulo da rita, ad da primeria  ca rta à tori amos, o u vip ip elo es pi rito q ue ,dela se mp re amo vaso do circulo do mel hor, cu rio da sa fr ase q ue da se co nsc ien cia l izo vaso, p o is n cao t ra zorro do ia id en ti fi caçao, masque p en sode al gum da priemria da forma se pode der ap lic da ar da primeira da senhora hillary, é s en doque e sta fr ase,  é man ho sa em si mesma naquilo q ue dela d es vela, c omo al gume se maior mc cora raçao ne maior  pr inc cip cruz io serpente  nele q ue da ama em fun sao espanhola, de uma quadrado do vaso do primeiro,  q ue r per rf fom anc e, ce rat y em nt e da se da pode ap lic da ar primeria dea de muitos outros, t al d es vela ad da dor di ze rat ps  dos maus cora rações dos caçoes,


estas são as fotos que tirei nesse dia , para quem não conheça as amoreiras, o tal edifício do arquitecto taveira, recentemente aqui convocado a propósito da tal enrabamento à puta judite de sousa da rtp

e sta serpente  sao ás das fotos,  quadrado da ue do tir rei do ei  ness é dia , para q ue maior mna , o do circulo do one do homem  ca do espanhol, cabo às am amo do circulo do rei das iras, o t a l ed di do if , cc, o fi do cio do arqui tec  da cruz da ot do taveira, ave da ira, re en te maior nt, é primeria do qui circulo  on vo cd do circulo da pri emi ra por rp pro ps it , circulo, o da t al en rata aba do bam da am , men to do ac en to à puta judite de sousa da rata do tp, ou seja bum em londres também


nesta foto, a acima, se ve o tal edifício composto por dois blocos sustido entre eles por uma estrutura de x vermelhos, onde nesse dia reparei nas manchas na peça em bico, cor de tijolo que se ve a aparecer sobre a onda figurada na cobertura do relvado em frente, que se me simbolizou em espírito como larvas gigantes , em cima nesse terraço também as tais jantes brancas com hélices de três pás como as mercedes, e um homem que passeava entre o triângulo de fogo, cujas formas remetem para o puzzles que  puta que me trás o filho roubado trazia para o francisco nas viagens das fodas pelo mundo, a conta do erário publico

nest primeira da fo to, a ac ima, serpente eve o do circulo do tal ed di do if , cc,  fi  do cio com post por dois,  b locos s us t id o ent red deles,  por uma e ts ru tura de x vermelhos, onda ness e dia rato re pa do epa rei nas manchas, canal,  na p eça em bic o, cor de ti j olo q ue s eve primeira ap a recer s ob rea da primeira  onda,  figo ur ad dana ana da cobertura, a  do rato dela ava ad o em fr en teque da se d me si mb o lizo vaso em es pie it o c omo l ar v as giga ane nets , em c ima ness e te rato da raçao tam an tambem , às tais, br,  j ant es br anca s c om hel ice es de t ratos  espanholas pas c omo ás mer da cedes, economistas,  é um do home q ue p ass sea ava en t reo circulo da cruz rina gula de fogo, cu ja serpente das formas reme te maior  para do circulo do p uz z primeiro do espanhol,  q ue da  puta que me tras o filho roubado,  r ob bad ad circulo  t r az ia para do circulo do fr anc do isco nas viagens das fodas pelo mundo, primeira conta do dó,  é ra rio do jornal do publico

curioso é um pormenor no muro de tijolo em primeiro plano, que figura também as onda do tsunami d dois mil e cinco, apontar uma precisa vertical na fachada do edifico, nessa precisa forma da fachada, um arco e um bico de fogo , o vaso do seja inda, circulo do bico de fogo, a da praga,  do os  dos vermes, 

cu rio osso,  é um por men o rato do no mur, circulo de ti j olo em prime iro do plano, quadrado da do ue figo ur primeira  tam am também ás da onda do ts un mai dd dedo dois em dosi mil e cinco mil e cinco, ap on tar,  uma pre cisa vert ical na fac homem ad da primeira,  do ed fi cio, ness primeira da pre do cisa forma da faca, um arco, é um bic circulo code de fogo, ou seja inda, o bico de fogo da praga dos vermes, 


o segundo edifico de vidro mais visível nesta foto , acima, é o tal alvo de diversas leituras que remeteram para a queda das torres em nova yorque, também onda é visível um outro bico que aponta uma outra vertical nesse prédio, ou seja terroristas desses dois prédios, ao lado um conjunto de outros, os tais cujas fachadas e os mármores, remetem. para circuitos electrónicos dos antigos como que corroidos pela agua do mar
circulo do segundo,  se gato vasp bn do ed if , cc, ico code de vidro mais, fr,  vaso isi v el nest onda pri é mr ia f oto , ac ima, é circulo do t al alvo de diver s as lei it da tura q ue reme teresa ram para da primeira da queda das torres em nova yorque, tam am tambem mna onda é v isi vaso  el , um outro bic coc q ue ap da ponta de uma outra,  vert ical ness e pre d io, o vaso do seja te rr ori stas de esse es do is de dois dos predios, cao lado,  um c on junt circulo  de outros, os tais, br,  cu ja s fac h ad ase os mar mor es, reme te maior . para c irc u it os dele,  circulo t rato  oni cos dos antigos,  c omo q ue cor roi id os p ela , a da dag da agua do mar

para quem não conheça lisboa, este muro que na imagem pode dar a ideia de ser continuo aos edifícios é um muro de um terreno relvado que distara talvez quase cem metros até aos edifício e é pertença das aguas da cidade, a empresa publica da epal, ou seja ali em baixo deve correr um reservatório de agua, e para dar essa ideia o muro , desenha também as ondas de um mar, não muito longe dali temos o reservatório da me de agua, no tal jardim da amoreiras, também alvo de diversa leituras que aqui constam

para q ue mna cao c on he ça lis boa, este maior ur to do toque,  quadrado do vaso  na imagem,  pode da ar primeira da idea, id dea,   de ser  c on tin vaso do circulo da primeria do os ed if icos,  é um mur circulo de um te rato do reno rato el,  vaso do ado quadrado da ue da di serpente da tara da cruz  alvez quadrado da use circulo  em metros,  primeira té, primeira os ed if, cc,  icos,  e é per ten circulo lobo,  cortez ad as das aguas da cida dade, primeira  em presa pub lic ad da priemira  ep la, o vaso seja ali, super mer cado, br,  em ba e xo do quadrado da eve cor rato é rum do r es erva vat tori circulo  de agua, é para da ar ed dessa, a da  ideia do circulo do mur o , de sen  h a tam am atm também as pn da serpente de um mar, n cao mu it l onge dali, es,  t emo serpente do circulo do r es erva vao, ps orti io da mede da agua, no t al do jardim , o da am o rei ratos ps as, tam am tambem alvo de diver s a lei it tura q ue a qui c on serpente do  tam da manha

e mais uma linha muito curiosa, se atender mos a como esta cidade se livrou de vez dos politicos corrruptos e por exemplo os espaços verde de recreaçao sao hoje constantes na cidade, pois calhou eu nos finais dos  anos oitenta ao falar amiude sobre o japao, dar exemplo dos problemas de gestao de espaço, e calhou isto ser na altura em que inventaram campos de treino de golfe nas cidades, uns em cima dos outros como num hotel, eu que achei curioso aquilo, o comentei muitas vezes, e na realidade alguns anos mais tarde abriu ali um , que passado pouco tempo logo fechou, assim é a paga dos ladroes de conceitos que pensam que eles sao sempre adaptaveis como o pudim flan, portanto em suma, nao existe ali por exemplo um parque, mas umas quaisquer bestas puderm ganhar dinheiro em treinos de golfe diversos, a atender ao que simbolicamente as imagens expressam

é ema  mais, fr,  uma da linha, mu it o cu rio sa, se at en der mosa c omo e sta cida dade se liv rato circulo do vaso ,  de eve zorro dos políticos corruptos, é por ee mp lo,  os es paços verde de rec rea sao es, sao do hoje , c on t as tena cida dade, p o is c alho vaso do eu nós fina is dos  anos oitenta,  cao f al da ar ami vaso de s ob reo ja pao, da ar, é x e mp lo dos por rb l ema sd e g es t cao de es paço, e c alho pu ist ser na al tura em q ue in v en t aram ca mp os de t rei ino de golfe nas cida dade es, un serpente  em c ima dos outros c omo n um do ho tel, eu q vaso é ac hei cu rio osso daquilo, o com en t ei mu it as v e ze, é na rea lida dade al gun s anos mais t arde , ab rio ali um, super mer cado,  q ue do louco,  p as sado po u co te mp o l ogo fec ho vaso, ass si maior dupla serpente ,é primera pa gado serpenets ladroes de conceitos,  q ue pen sam q ue deles, a  sao sempre ad a pt ave is c omo do circulo do pudim f aln, por rat tnt o em s uma, n cao é xis t y e ali por e x e mp lo um par q ue, ma  s umas quais q ue r b destas pu der maior mag gn a homem da ar, o do  dinheiro , em t rei ino os de golfe diversos, a aten der cao q ue si mb o lic am , mente,  as iam mge en ns é x press sam am



o edifício da mc caan, agência de publicidade do tal patrão da cristina coutinho que esteve comigo em londres a jantar em 92, como aqui narrado,

o ed if , cc, o do cio da mc caan, a g en cia de pub li cade do t al patrao da cristina,  co tui n ho q ue es tev co mig o em londres a jana da cruz rato  rem em 92, c omo a qui aqui  na rr ad circulo,


a imagem que logo de seguida a a ter tirado, o jornal dos bandidos espelhava as colunas nos dedinhos dessa menina ladra entre muitos outros pecados,que dá pelo nome de hillary clinton,

primeira ima mage maior q ue l ogo de sg guida, primeira , a teresa do tir do irado, do circulo do jornal dos bandidos,  es p ela home  ava ás co lunas nós de di id dn homem os dessa menina ladra, entre muitos,  muj u   t os de outros pe cados, q ue d á p elo no mede da hillary clinton

isto de ter uma senhora frente da diplomacia americana com tais belas qualidades nada de bom augura a america e ao mundo, e a factura nao tardara a se apresentar tambem na vossa mesa, que jeito, senhora, veja, lá, estava falando de emprendimentos nucleares aparentemente no irao, e eu os vejo aqui tambem, só que a foto do dn, os dedinhos espetados, sao os seus

is to de teresa uma da s en hora fr en te da d ip loma cia am mer cia ana com tais, br de belas, luar,  quali dad es na ada  de b om au g ur a a america, é cao mundo, é primeria da f ac tura n cao t ard ara a se ap resen tar tam am tambem na v os sa da mesa, bum em madris, q ue je it o, s en hor a, veja, lá, es tva f al ando de em pr en dim en t os nuc lea ares es ap ar en te maior nt e no irao, e eu os do vejo aqui tambem, s ó q ue da primeira da foto os ded din h os sao os se us

mas o que é isto se comparar-mos com a responsabilidade do governo americano no roubo e acto de tortura a meu filho, por isso, senhora na ausência de justiça, desejo-lhe a morte da sua , fica muito bem, as flores ao lado do paul mc cartney, como seu ídolo de infância, assim rezava uma outra foto no jornal dos bandidos

mass q ue é is to ze, outro dos seus ladroes, senhora, que rouba para a universal,  co mp ara rato ps do traçpo ingles maior do os com da primeria da r es ponsa bil id ad e do g ove r no amerciano, o no do roubo e acto de tortura a meu filho, por iss circulo da senhora,  na a usen cia de justiça, de se jo tralo ingles l he , primeira damo  morte da s ua fia , mu it o be maior, ás flor es cao lado do paul mc c ar t n e y, c omo s eu id olo de in fan cia, ass si m r e zorro x ava, uma outra foto no do jornal dos bandidos





  esta outro foto tirada em sequencia dá a chave, pois um dos edifícios das amoreiras , o dos x, está cortado ao meio, como uma torre que caiu outrora em nova yorque, mas obviamente tal nao a preocupa, a atender a falta de justiça, nao é verdade senhora hillary, deve estar a espera que comecem a cair outras, certamente, bpi, diz, bp, do pi, o gas do pi, e um carro audi sete de prata ali estava parado com um home no condutor a fazer assim de morto, que belos sois em vossas encenaçoes de pseudo justiça

  é sta de outro rof f oto tir da irada , em seq uen cia d á  ac homem ave, p o is um dos ed if , cc, icos das am mor das teias , o dos x, é stá co rta do cao me io, c omo uma torre q ue ca eu outrora em nova yorque, mas ob via am maior nt e ta l n cao da primeira  pre co u pa, a aten der a fla a td é just tiça es, n cao é verd ad e senhora hi ll cortez  ary, d eve es star primeira es pera q ue co pm meçe ema circulo do air de outras, ce rta em nt e, bpi, di zorro do, bp, do pi, o gas do pi, pie,   é um do carro audi sete de p rta ali, super mer cado,  est ava par ad o com um do home no condu tor , primeira f az e rato ps ass si maior md e morto, q ue b elos s o is em v os sas das encenações de ps , eu dó da justiça

 um desejo vos um bom  natal com os filhos doentes
  
um do bode sej ovo sm do natal com os fil h os doentes