segunda-feira, janeiro 24, 2011

decima oitava parte das bombas em londres

dec ima o it ava p arte das bombas em londres

dec ima oi cruz da primeira ava p arte das bombas em londres

alguns comentos complentares a aspectos que emergiram na ultima parte anterior, a anterior aqui publicada,

al gun serpente com en st os com p el maior n tar ares es , primeira as pec t os q ue mer giram na ue l tim ante rato do ior, primeira da ante rato do ior aqui, ip p uv lic circulo da ad adao,par rte

ainda sobre rolls royce, dois entram neste livro da Vida, um em tempo mais antigo, como o proprio rolls royce em si mesmo, um antigo modelo, que uma noite me apreceu ao caminho junto ao rio, uma noite de temporal, alvo de visoes aqui narradas no tempo de seu acontecer no alto de oeiras, na tal urbanizaçao que cerca o antigo predio, creio que o primerio ali construido, o da tal cobra, ou seja, que figura uma cobra capelo na sua estrutura, o que remete ainda para um dos pormenores abordados, a lamina, pois o corpo dessa cobra, é parecido com as laminas de barbear, as serpente kim, ou seja a cobra , uma delas, do grupo do puta cristina coutinho, e do diabo, ou seja dos grupo de extrema direita

primeria inda serpente do obr do ero roda do rol, o onze da serpente roy cc , e, é do is de dois, en da cruz ram do nest do el do onze do primeiro vaso da roda david da a um, em tempo mais antigo, circulo do omo , o pro rop da puta do rio, porto, psd, ro ll s roy ce em si mes mo, um ant ti o gomo do modelo, quadrado da ue de uma do ano da noite, 2005, me ap receu cao ca do minho jun da cruz do circulo do cao do rui rio, uma do ano da noite de temporal, alvo de vaso devi is sd circulo do espanhol aqui , na rr ad ás no do te do mp da pode serpente europeu do aco nt tecer , no do alto de oeiras, na cruz nata da al do ur da bb da ani niza, ps, zorro do ac da açao, quadrado da ue da cerca, moura, sé, circulo lodo do antigo pre di do io, circulo do rei, circulo quadrado da ue do circulo do primerio ali, cio nt tui, doiro, id circulo, da t da cruz da al da cobra, o vaso do seja quadrado da ue figo urda da a uma , a da cobra da cap da ap do elo , na serpente da ua de est ru da tura, o do quadrado da ue reme da teresa a inda da pa sd ad da ar, um dos por men circulo dos ratos espanhois do ab ao circulo rda dados, primeira lamina, p do circuo da iso, circulo do corp da poda do deo dessa cobra, é par, é circulo dó id , circulo com ás das lam das am minas, de barba , duvideo, produtor tv, rea ar, às serpente da kim, o vaso do seja primeira c on br a , uma do els do dog rupo do puta da cristina cotuinho, ledo do diabo, o vaso do seja dos gatos do rupo do ps , de é x cruz rato da ema , a di da ire da it da rede da primeira

chovia a potes, esse rolls me surgiu ao caminho ali por altura de braça de prata, trazia vidros de trás fumados, e um ou dois carros à paisana à frente me deram a ideia de ser parte integrante da comitiva, ali rodou a meu lado durante algum tempo, e eu decidi segui-lo depois , assim passamos pelo rossio, depois voltou para o principe real, e por fim parou um instante em frente à casa do miradoiro onde antes existiam os tapetes haptian, e partiu, ai nesse miradoiro é a tal casa onde eu estive em 99, com a amy, a outra americana, aparentemente de um jornal, um outro rapaz estrangeiro e o laurent antes de descer- mos ao tal vip club onde a cena se deu, o aparecimento do rolls ao meu caminho, foi preparado, isto é sabiam que eu ia por ali passar, o que implica uma rede de vigilancia

cho ov via vaso do primeira do ia, a pot es, esse do rolls, me s ur gi vaso sd do cao ca do minho, ali por al tura de br aça cede do prata, t r az ia v id rato do os de t rato as f um mad ad dos ados, é umo vaso de dois carros rosa, primeira pa isa ana, primeira fr en te da me der am primeira da ideia, de ser p arte inte g rante da com it iva ali, algrave, rodo vaso da ua primeira do me eu do vaso lado, d ur na te al gum te mp oe, é europeu dec id di se gui traço ingles prim eiro do circulo depois , as si do aio do rato maior, socrates, da p do ass da sam da am os p elo ros, rato do os do sio, do qaudrado da ep do circulo do is volt, o do vaso do para do c irc vaso dp primerio circulo, o do pr da inc do ipe rato , ela, é por fi maior par aR circulo do vaso , um in serpente da cruz dat ante em fr en te, à ca do sado do mira, o do doiro onda ant espanhola, é x is t ima os tap pet es home da ap pt tina, é p art ti do europeu ai, ness, é mira doiro, é ata al primeiro da ca da sa da onda do europeu, est ti io ove em i 99, com da primeria da amy, a outra am mer rc cia ana iana , um outro da rop do ra p az est range iro , é circulo do lua ren te ane net sd e d es ser mosa sao t al do vip c lub da onda da primeria cena se d europeu, o par e w cimento doro ll serpenet da sao me eu ca min ho, fo oi pre par ad o, is to é sa biam q ue eu ia por ali p ass ar do ato , q ue imp lic a uma da rede de vi gil lan cia

havia uma festa ali que me pareceu ser exactamente nos tapetes haptian, depois algum tempo ao lá passar dei conta que a loja tinha fechado, oeiras, e figo, que aqui de novo acima no corte das palavras apareceu, remete para o crime ainda em aberto de corrupçao de um pagamento financeiro via o psd, pelo apoio dele à campanha do socrates como todos os que vivem neste pais de corruptos à solta se lembrarao, pois o caso nao é nem muito antigo, dinheiros que ao que parece recebeu atraves de uma das mil fundaçoes , a do tal chamado parque tecnologico onde se eoncontram um conjunto de empresas, ligadas às novas tecnologias, e agencias de pub, muitos deles , os que me roubam ideias ao longo de decadas.

homem do avia, uma fe sta ali q ue da me ap receu ser, é xa ac cta em nt en nós tap pet es homem da ap pt da tina, quadrado da ue do quadrado da ep do circulo do is da isa da al da gum te mp circulo, cao lap do ass serpenet da ar edi conta, q ue da primeira loja, tinha , fe cha ado de oeiras, é figo, q ue a qui aqui ide n ov ac ima no co rte das pal av r as ap ar receu, reme te para do circulo do crime, a inda em abe é rt circulo, o de cor rup sao espanhola de um pa gam en to fina ac ce do iro via do circulo do psd, p elo ap oio dele, à cam p da anha do socrates, c omo todos os q ue v ive mairo do nest é pais, tvi, de cor rp pt os à sol cruz primeira, se lem br arao primeira, p o iso do circulo do caso, n cao é ne maior mu it o antigo, dine homem rato do iso seque cao q ue pr rece re ce beu at r av es de um da ad às do mi primeiro , rof fu da inda do ac do aco ço do es , ado dot cruz da al circulo do ham ad circulo lodo, o do parque tecnologico , o da onda da sec em contra ram am, um do circulo em jun cruz , circulo de me do pre das sas da sm dali liga gadas da primeiras ás da nova , fac serpente das tec no loi cas, é a gen cia sd, é pub, mu it os sd deles , os quadrado da ue da mer do ero do circulo do ub do bam da am , ide ia sao primero em gode da decada serpente, outra da dp da empresa, decada, é nome de empresa

alguns dessas empresas desse tal parque tecnologico estao envolvidos em diversos roubos de de ideias e especificamente no roubo do canal zero, que depois deu o you tube

primeira gun serpente dessas empresas, desse da t al parque rato das tec no olo gi co est cao en vol v id os em diver s os ro ub bode de di ei as se es pe cif if fi icam am, que mente, no do roubo do canal zero, q ue d ep o is d eu o delta caso circulo do tube, cruz ube, uber cu lo se, metro

prates, nome que de novo aqui apareceu no corte como em texto anterior, é o tal rapazinho portugues que estudou em inglaterra, liagado ao bando dos terorristas da sic, e recordo a todos que um eco sequencial se deu quando dele aqui a primeria vez falei, um incendio no utlimo andar dessa escola de artes em londres onde ele andou

p rate es, no mec q ue de n ov aqui pa receu no co rte c omo em tex to ante iro, é circulo do t al ra p az ina ho portu gui es q ue stud o vaso em ibn g la e t rta arra, lia gato do cao do bando dos terorristas da sic, é record circulo, jornal, primeira de todos, q ue um e co seq u en circulo da ila se d eu qua n dó dele aqui , primeira prime ria v e zorro f al lei ei, um do inc en di on o u t l imo do limo anda ar dessa escola de artes em londres, onda dele, ando vaso

um segundo rolls royce, tambem foi aqui abordado, numa noticia que saiu na altura no correio da manha, sobre o vale de azevedo, cujo nome tambem apareceu em partes do texto anterio bem como um perfume de underline com algum peso, que me diz estarem obviamente envolvidos financeiros nestes atentados, pois tambem assim se passou em outros atentados internacionais, como todos se recordam

um da se gun doro rol onze serpente do roy ce, é eta tam am tambem , fo ia do qui aqui, ab o rda dado, nu ma ano not ti cia q ue sa eu na al tura no do cor rei , o da manha, s ob reo circulo da ova do vale de azevedo, cu jo no me t am tambem ap a receu em p art es dom tex to ante ior be mc omo , um do perfume, cc, de un der l ine com al gu maior peso, q ue da me di zorro est ar rem ob via am , mente, t re en volv id os fina nci é o rato serpente nest es atentado, p o is tam am tambem ass si maior da se p ass o u em outros atentado inter na cio na is, c omo todos se da reco rato rada dam qaudrado da am

foi uma noticia na aparencia sobre os eventuais problemas dele com as autoriedades inglesas, e me veio esta memoria de novo, agoa, por um pormenor relacional com esta analise, pois esta especifica noticia de que vos falo no correio da manha, era muito estranha , especificamente as fotos que mostravam exactamente pormenores da martricula do rolls dele , ou que ele usa, pois parece que vive de aparencias, suportado por alguns lordes ingleses, assim consta aqui no dominio publico,ou seja, o miolo dessa noticia foi aqui abordado, nao o irei agora confirmar, mas remete para a analise das matriculas que agora fiz, ou alguem assim o pretendeu insinuar, sabendo que provavelmente iria chegar a analise das que se veem ao lado do autocarro, em sentido contrario, ou seja em linha de embate, em sentido figurado, ou seja de conflito de interesses

fo do oi , uma not ica na ap rec cna i o br e os ee v n tua is por rb bel ma serpente dele com às au torie dad es ing lea seme do veio, jason, é sta me mor ia de n ovo, primeira de goa, por um por men o rato , r ato ela , o do ac cio n al com e sta anal ise, p o is e sta es pe cif ica not delta e cia deque vaso do os do falo do no do correio, o da manha, e ra mu it o es dt rata da anha , es pe cif icam nt e ás f oto serpente quadrado vaso do, e , emo maior da ostra ava vam, é xa aca cata em nt e por em nor es da mar t riculo doro l l serpente dele , o vaso q ue dele usa, p o is par rece q ue de vide, catelo de vide, de ap ar rec cna iss seerpente vaso do porta, o do quadrado do os por da al gun serpente dos primero circulo do rato do quadrado es sin gato primerio deses cobras es, ass si maior co ns sta, primeira do qui aqui do ino do mini circulo do jornal publico, o vaso do seja do circulo do mi do olo de essa do ano do not da ti cia fo ia do qui ab o rato ps do dado, n cao do circulo dp rei do agora, confirmar, ma serpente reme da te para da primeria anal ise seda serpenet mat riculas, quadrado da ue da prime rai daga gata dog do rato ps circulo da priemira fi izo zo vaso al gato da ue da ema do massi do imo do pre da ten do quadrado do europeu em sin vaso da ar, sa bendo doque qaudrado da ue do pro da ova da ave lem nt , é iria ac circulo, he gara anal da ise sedas quadrado da ue da se da red do vaso do ee da mao lado, o do autocarro, e em serpente en da cruz id doc circulo em cruz ra do rio, psd porto, o vaso do seja em linha, lugar, de am bate, em s en t id o figo ur ad o, o vaso do seja de c on for mula one da it do circulo do inter, o do ess do es da sd

e um terceiro link, recentemente aqui abordado quando da ultima vez retornei as memorias da vista a londres em dois mil, que será da delegaçao financeiro do icep,

é um terceiro do rol li nk, rec cente , mente, aqui ab o rda dao qa un d d aul cruz do ima vaso é zorro re torn ei ás me mor ia sd da primeria da visita, vaso do ista primeira de londres em dois mil, q ue se rá da del ele, é gato da ac da açao, o fina nc eiro roda dd do icep,

os ecos dos avioes na imagem do autocarro explodido, mencionados na paret anterior, tras ainda pelo segundo, o aviao de angola da mesma cor, onde tambem na cauda caiu na aparencia um peça, assim contavam um do jornal dos bandidos, o correio da manha, está ligado e desembocou ainda numa outra morte, a do malangatana

os é cos dos avio es na ima ge mdo circulo do autocarro, éx p lo dido, t r as a inda p elo segundo, o do circulo do avaio de angola, ad da primeira do dam am da mesa, madrid, cor onda e eta do tam am tambem , na circulo da auda, caiu, na ap rec en cia um p eça, ass si maior c on t ava vam am, um do jornal dos ban dido serpente do cm, , o c rato reio desta manha, e stá liga do gado, é d es em boc o vaso ua da pr rio me ira inda nu ma outra ram da morte, orte, a do ma lam mg gata ata da ana

sardinhas, sardinha, e´tambem nome, de um rapaz que eu conheci atraves da maura pessoa, na altura em que a conheci, quando ela me começou a contar a vivencia dela no lusitanea expresso, o comboio que liga lisboa a madrid, no dia dos atentados de atocha, é um rapaz que me deu um pequeno livro que ele escreveu , onde como lhe disse, a narrativa nao tem logica moral num determionado ponto

s ar dinhas, s ard in homem da primeira, é eta do tam am tambem no mede de um ra p az q ue europeu c on he si at rato av es da dama da maura pessoa, na al tura em q ue da primeira c on he si, qa un dó dela, lam da me co meço es ua primeira c on tar da primeria v ive en cia dela , no lu sita ane nea e x pr ess, expresso, jornal, circulo, o do com do boi do io qaudrado da ue da liga do lis da boa primeira da am do mad do rid id madrid, , no do dia d os sat da x cruz ten , ad da cruz da ad do os de ato do cha, é um ra p az quadrado da ue da med do euro p do vaso de um pequeno, liv roque dele, esc rato do reve eve do eru europeu da onda circulo do omo mol primerio rol , he di serpente da se, sea ana primeira da rr, a rata do iva n cao da te maior iordo do ml da logica mor da al n primeiro do mde da teresa maior em ad circulo do ado do ponto

aret e abre latas , me relembra ainda um outra entrada aqui no Livro da Vida, que se relaciona com o moby dick, um livro que o laurent uma vez comprou e me ofereceu na livraria bertrand do chiado, como se recordarao, baleia, houve tambem um caso no tamisa nestes anos agitados, e este passe com a mascara do colegio moderno, feito pelas putas dos terroristas dos socialistas tem ainda uma outra relaçao com o tal postal de parabens que em parte anterior comentei, pois como disse , ela o desenhou sem boca, e a boca na mascara é exactamente um aret duplo, e mais um pormenor define a intençao desta relaçao, pois o francisco, kiko como ela lhe chamou estranhamente nesse postal, está desenahdo em forma inclinada, portanto deduzo, o que calou o filho, o que o inclinou de alguma forma

aret é bar e l ata serpente , mer rato do ato , ele, lem br da primeira ian da um de outra en cruz rato da ad da primeira do ado qui aqui no Liv roda daVid a, quadrao da ue da se rato dela , a do ac cio naco om omo mode da mob do delta do dodi da ck, um do prime iro roi id do cuir irc culo da ie eva do vaso do vaso do roque, o circulo do laurente, uma vaso é zorro com pr o ue da dama do meo, fer ceu, circulo europeu na liv rata da aria do bertrand do chi adao, circulo do omo se reco rda arao, bal lee ia, homem do circulo da uve cruz da am am tambem, um caso no do tamisa nest es ano serpente a gita do circulo do os da sede de este passe, com da primeira mascara , a do colegio moderno, feito, p delas , as putas dos terroristas dos socialistas, soci al ista , te mairo da ma inda de uma outra do tribunal da relaçao com do circulo da cruz da al postal , é par , é bn espanhol quadrado da ue em p arte da ante do iro do rc do om en x, cruz, ei, posi circulo omo di serpente da se ,dela, circulo do desenho vaso se maior da boca, é primeira da boca na ma serpente da cara, revista, grupo dos bandidos, é e x cat da primeira ema do mai do iro nt e , tamen, mente, um do aret do duplo, é mais, fr, um por men o rato de fi nea da primeira int ten sa espanhola ak pri mr io ,desta, a da relaçao, p do circulo do iso do fr da anc do isco do om, kapa do ike , circulo doc circulo do omo dela, primero do rol, he circulo do ham da ova do vaso de est ran anha do ham am , mente, ness é postal, e stá de sena hd circulo em forma inc lina ada, porta nt circulo ded uz zo do xo, o q ue circulo do alo da ova do vaso do circulo do fil ho, hoque circulo do quadrado da ue do circulo doque, circulo dao inc lino vaso de al gum primeira forma

e ainda uma relaçao simbolicamente expressa com o barco que tambem comprei em londres em noventas com a cristina coutinho que aqui foi alvo de diversas leituras, a estrela do norte,

é primeira id di dna , uma da relaçao , si mb o lio cam mne net express ac omo barco do coc, por ject tor do coc, q ue é eta do tam am tambem emi , can tora, com pr rei do ei em londres em noventas , com da primeria da cristina coutinho, q ue a qui aqui, fo do oi do alvo, de diver sas lei it das turas, prik me da eira da estrela do norte

quatro varoes, assim apareceu e se defeniu na parte da leitura de ontem, quatro varoes, quer dizer quatro homens, quatro falos, quatro bastoes, e quando ontem esta figura me apareceu, me lembrei de imediato, a tal pretensa comissao de inquerito na ar, onde umas bestinhas aparentemente da admnistraçao a pt, apareceram a branquear os dentes , de bestas que sao, como todos os partidos que se dizem da assembleia da republica portuguesa, pois como todos sabem, me negam a lei há mais de quatro anos, naquilo que ela me assiste, e tambem o fazem, porque para alem de isto ser um crime de conspiracia internacional, como muito bem obama o caracterizou em forma indirecta a proposito deste caso, muitos deles tem recebido comissoes dos roubos , avultadas, pois o espirito já isso me desvelou há muitas luas, que trazem contas em off shores, e estamos a falar de roubos diversos que ascendem provavelmente á dezena de bilioes,

qa do qaudrado do au cruz rato ps circulo ova dos varoes, ass si maior ap a receu, é se d efe ni vaso na p arte da lei it da tura de on te maior, quatro ovo do vaso do aro espanhol, q ue rato da di ze rato da quatro, tvi, homem do ome en ns, qa do au da cruz dos ratos do circulo dos f alo serpente, quatro ba st toe es, eq ua n dó on te maior desta, figo ur da primeira me ap a receu, me lem br rei do ei do imediato, ime da itao, a t al pre ten sa co miss º cao de inq ue irt circulo na ar, onda de umas bes tinhas ap ar ren te , mente , a da ad m is sn t rato do aço es, a da pt, ap a rece ram primeira br anque da ar os dentes , de bes t as q ue sao, c omo todos os partidos, q ue da se di ze mda ass em mb le ia , a da r e publica portu guesa, p o is c omo todos , sabem, me ne g ua ma lei homem do acento da primeira á mais de quatro anos, mna quadrado do vaso da ilo q ue dela me assis , ps te, é eta do tam am tambem dd do circulo do f az x ze maior , por quadrado da ue do para da al do lem de is to , ser um do crime, mede com ns pira rac ia inter anc cio n al, c omo mu it o be maior ob am circulo cao cara rac acv teri izo vaso em forma indi rec cta primeria pro rop pro rosi it circulo de este caso, mu it top do ps , del es te maior re ce bid o co miss oe sd das serpentes dos roubos , av vaso primerio t ad as, p o iso es pei to já io ss circulo da me d es velo lou há muitas luas, q ue t ra ze maior contas emo do circulo do ff , dn, s hor es, é est amo mosa sa f ala rede de roubos diversos, q ue as c en de maior por vaso da ave do lem nt é primeira, primeira do onze de zen ad , é o bil do lio espanhol

varoes é tambem termno que se usa para designar primeiros filhos, portanto deduzo no seguimento de muitas desvelaçoes que tenho tido em espirito sobre este assunto, do trafico e venda ilegal de semem meu, que posso ter quatro filhos e que inclusive os podem ter morto de forma criar os laços espanhois com acima se desvela, nao é por acaso que os medicos criminosos se mantem no criminoso silencio ao longo destes anos todos, impossibilitando o conhecimento integral da verdade, e tambem nao é por acaso que os bandidos que se dizem autoriedades neste pais de merda e de merdosos os cobrem ate ao momento

vaso do aro es é eta do tam am tambem te rato maior do no que da se da usa , para de sig ngn n da ar do prime rio fil home do os, porta , cds, nt circulo dedo uz zo no se gui maior mne en nt circulo de mu it as d es vela ac ço es q ue ten ho t id o em es pei to s ob re de est assunto, do t ra fi co circulo do oe, é o da venda ilegal de semem meu, q ue p osso teresa qautro, tvi,. fil h os é eq ue inc l us ive os pode maior da teresa morto de forma circulo da ria rato ps os laço aco es , e spa n ho is com ac ima da se d es vela, n cao é por aca serpente circulo que os medicos criminosos, se man te maior no c rt tim ino osso do si len cio, cc, aco cao l on gode de este ste es ano serpente todos, imp o ss sibil do bik primero it ando cao c one h cie maior nt circulo int re gral da ave verd dade, é eta do tam am tambem n cao, é por aca serpente circulo do acs q ue os dos bandidos , q ue da se di ze maior au tori ed ad es nest, é pais, tvi, de merda é rato de mer do serpente os dos ossos, os cobre rem primeria teao meo maior nt circulo

a cunha vermelha vermelha que aparece em cima do carro onde só se consegue ler ki, evoca uma linha recente de novo aqui comentada como prova da loucura das bestas , o tal que se diz ministro santos silva, que apareceu a sorrir em cima de uma, numa parada militar, foto publica, isto é, publicada num jornal portugues,

primeria ac unha da cunha , nome, verme l home da primeira ave mr , primerio do homem da primeira, q ue ap rece em c ima do ca carro da onda serpente circulo da se c on ce g ue sd da ler ki, é vaso circulo ca, um da al linha re cente de n ov aqui, com en t ad ac omo por vaso da primeria ad da primeira lou , circulo ra ad as bes sat do ts , o tal q ue da se di zorro do min s it ro do santos silva, q ue ap receu primeria sor rato ire rem c ima de uma n um da primeira da parada mili t raf oto pub lic primeira, is to pub l cia ada no um jo pr n al porto do gues,

sabado pela tarde em metros, ao entrar me sentei numa cadeira onde em frente algum deixara uma folha de um jornal de sexta feira, onde se dava conta de um pai no porto com um filho tambem roubado, que teria como que enloquecido, e na volta, numa outra carrugaem, no chao , um papel desenhou um arpao e um sete, que já aqui em casa em vespera durante a escrita depois de uma serie de pequenos buns tambem se defenira, no metro li, o da en cia maconica, e do grupo do portas, ao lado o autocolante que previne as pessoas para nao ficarem entaladas nas portas do metro, ou seja essa besta da historia que de novo aqui em dia recente evoquei,

sa ab do bdo, p ela t arde em metros, cao en t rato da primeri am me s en t ei nu ma cade da ira da onda em fr en te al gum dei x ra , uma fo l h ad é um do jornal de sexta feira, titulo, onda da se d ava conta de um pai no porto, com um filho, tam am tambem ro ub bad ad o, q ue teresa ria circulo do omo q ue en loque quadrado da ue do circulo doc id o, en av volt a, nu ma outra da car ruga em, no cha circulo , um pap el d es en ho vaso de um ar do pao, é um sete, q ue ja acento aqui do qui em c as em v es poera duran te primeira es circulo da rita d ep o is , de uma se rie de pequenos b un s tam am tambem se d efe ni rato ano metro lio, o da en cia maconica, é dog rupo do porto , portas, delta as, cao lado do c irc uk lodo au toco lan teque, madeira, pre vaso ine às pessoa serpente para n cao fi carem ent ala ladas na serpente do portas, cds, do metro, o vaso do seja ess primeria da besta da historia q ue de n vaso circulo da co qui aqui é v o quadra sd, o do vaso do ei, dia re cente

a imagem se defenira aqui em casa na linha dos circulos das luzes redondas que de certa forma simboliza uma asa, como as que se vem arrancada, uma completamente , a outra nao, no autocarro, tinha eu posto um vegetal em quadrado laranja de forma a filtar a luz, que sao lampadas que tem a forma de duas resitencias, ou seja aquecedores, e ontem depois de alguns estalidos , ela se descolou de um lado, desenhando assim o sete do quadrado do psd, exactamente no sitio onde tirei a ultima das fotos aqui publicada com a unha, patim vermelho laranja, do helicoptero que irei adpatar para a demoiselle

primeira da imagem da se d efe ni rac ac do qui em casa, serpente ana lina hd os c irc culos das luzes, es, red don da as q ue de ce rta forma si mb o liza uma asa, c omo as q ue s e ve maior ar ran c ad a, uma co mp l eta tamen mente te , a outra nao, no do autocarro, tinha europeu do post , circulo de um v e geta da al em quadrado laranja de forma primeria fil tar da primeira da praia da luz, qe eu da sao das lampadas, lam ap pda serpente q ue t ema da primeria forma de du as r es it en cia s, o u seja a q ue ce dor es, e on te maior de posi de al gun s est al lidos , dela , a da se d es colo vaso de um lado, d es sena hd circulo as si mo do sete, o do quadrado do psd, e x cata em nt en o si tio onda tir ei da primeria aul, u l t ima das f ot rosa qui pub l ciada com da primeria unha, pa tim verme primeikro do ho laranja, do hel i cop pt ero q ue ire rei ad pat da ar para da primeria do demo da emi da misse da selle da elle

mais curioso , fora que em vespera olhara a janela da loja de tecidos aqui na rua, e reparei que numa fiada de lampadas identica, a primeira do lado da porta trazia tambem um cor semelhante e distinta de todas as outras e ontem, ao passar já a tinham tirado, ou seja entraram ca dentro outra vez, mais um crime!!!!

mais c ur iso , for primeria da ue em vaso da es pera, o l hara primeria da jane la lada, a da al da loja de tec id os saqui na rua, é rato da epa rei q eu nu ma fia dade lam padas id en tica, primeria da primeira dol do ado lado, a da porta, cds, t r az ia tam am tambem um do cor s emel homem ante, é di s tinta de todas as outras, e on te mao p ass da ar da já da primeria tinha do ham am t irado, o vaso do seja en t rato aram ca den t r circulo de outro do ove zorro mais, fr, um crime!!!!

e agora dei conta que um dos pauzinhos de incenso, se partiu e desenhou o primeiro arpao, ao lado do cabo da cobra negra e prata do nec, da logi tech, que é um rato de roda,antigo, do banco best

é ega gato circulo do rato dei conta, q ue um dos p au zorro x in ho os de inc en cos, se pa art ti vaso da ue de s en ho, vaso do circulo do primerio da arpa, cao lado do ca boda co bn ra negra , é prata, da logi tech, qeu é um rato de roda, do banco best

antes de ontem ao descer, na calçada do livramento onde as folhas me falaram da imagem da roda da vida indiana, saia um porche, azul capota negra em cuja matricula li, o do circulo do primerio do grupo de boliqueime, nos anos oitenta, ou seja do grupo do terrorista mor cavaco silva

ant es de on te mao d es ser, na calçada , teresa, do l iv ram en teo onda deo às fo l home as me f al aram da imagem, a da roda david a in diana, s aia um por c he do azul capo pt ota da ene ane negra em cu ja mat ricula lio do circulo do prime rio, o do g rupo de boli q u ei meno dos n cruz do os da serpente dos anos oitenta, o vaso do seja do g rupo do terrorista mor do cavaco silva