sábado, janeiro 20, 2018

TRANSCRIÇÃO DO EXTRACTO DO ULTIMO MANUSCRITO, THE CAT WITHOUT HEAD, PUBLICADO NO MEU BLOG TO THE GREAT BRITAIN BELOVED ONE, PAGINAS, 435 A 439 (incompleta)




DO SACO DO FRANCISCO DO COLÉGIO MODERNO, OU DOS CANALHAS SOCIALISTAS E POR EXTENSÃO, DE BLAIR, MUST I PRESUME, IN THE LAST PART OF THIS STATEMENT

Pois como sabeis, a colagem e consequentemente os significados terão sido no mínimo induzidos, se foi ele mesmo que o fez, e um dos factos que sustem esta afirmação, é o olho de uma das duas imagens do reizinho, que na colagem se encontrava tapada, ter o olho pintado, isto é, a pupila, de vermelho, ou seja, quem o fez, quis entroncar nesta narrativa associada ao roubo de meu filho, aspectos da minha vida, e especificamente , a sublinha, com diversos ramos, do olho do exterminador e de outros valores.

1.    A FIGURA DE AUTORIDADE, COMO UM POLICIA EVENTUALMENTE INGLÊS

ruivo, bebendo chã ao lado do principezinho na floresta da casa da menina dos gansos de oiro, ou dos ovos de oiro, que pelas ids actualmente consteladas, neste documento e por outras fontes, pode portanto, ou assim fazer crer, ser uma referente a Spencer ou a Harry, a recente imagem da vestal do colar com os três ovos de oiro ao lado de Robbie William.

1A. Para um pai a quem roubaram um filho e lhe destruíram a vida toda que é o tempo do aparecimento deste saco, e não sendo eu ruivo nem vestir uniforme, a leitura da enigmática figura, ao lado da criança, é, que porventura é quem estará implicado no roubo do filho, ou seja, como sugerindo, roubamos-te o filho, mas está protegido, o que é antes de mais uma profunda ironia criminosa, se atender a que como pai me tem sido negado sistematicamente os direitos de o proteger.

Pág. 436

1B. DO SEGUNDO JUÍZO NO ROUBO DE MEU FILHO FRANCISCO NO TFML.

Esta percepção ou entendimento, é ainda facilmente entendível, pelo conhecimento indirecto, isto é, segundo informação de meus pais, se meus pais, por volta de 2007 depois da oficialização do roubo do Francisco através do tribunal de família e menores de Lisboa, da existência de um segundo juiz, que como sabeis pelos meus escritos, e documentos do tribunal publicados, não se encontra mencionado em nenhum, ou seja, a ser verdadeira esta informação de meus pais, é evidente, que em propriedade o posso chamar de juiz oculto, que não deverá nem ser do tribunal de família e de menores, pois não conheço tribunais com mecanismos e regulamentos e forma de regulamentos, onde existam juízes ocultos ou, e, ocultados, e consequentemente é de deduzir, que outros assuntos, ocultados, se escondem e dirimem desde o início do roubo de meu filho, que quem detêm o poder de roubar um filho e sujeitar um pai a escravatura, tem igualmente poder para fazer o tribunal de família e menores actuar fora da lei.

1C. Como sabeis a longo de mais esta década que dura este crime de conspiração internacional este valor de oculto tem sido ciclicamente esgrimido na opinião publica através dos medias, associado, nomeadamente ao criminoso ex-primeiro ministro socialista, José Sócrates, passando por fantasias mirabolantes, como a da existência até de um super-juiz, que não o senador McCain.

1D. Se creio ser entendível para os não nazis, que um pai pode entender um saco de trabalhos, todos eles estranhíssimos como vos expliquei, de final de ano lectivo, a representação do principezinho como uma criança e mesmo o meu filho, da mesma forma pode percepcionar, que se a criança se representou com principezinho, se a representação tiver sido feita por ele, que a figura tutelar, ou seja, a figura de autoridade a seu lado, tranquila e bebendo chã com sorriso, como podereis verificar das primeiras imagens colhidas há largos anos do saco e publicadas em meus blogues, não só em fotografias como incluídas em diversos vídeos, poderá na imaginação do filho, corresponder a uma representação positiva do próprio pai, isto é, para que fique claro, neste caso, a eu mesmo, que não sou ruivo, mas tendo feitos colagens em pequenino e ainda agra por via dos criminosos nazis, bem sei, que nas vezes , as representações são feitas por aproximações, pois pode até nem existir nenhum moreno, nos materiais disponíveis na sala de aula pra cortar e colar.

2.    DOS VALORES DE MENINAS GANSO DE OVOS DE OIRO E CASAS NA FLORESTA

Se pode entender, ovos de oiro, sobretudo no tempo de agora, e até da mudança do contravalor do oiro, que por exemplo, os ovos não serão de oiro maciço como as libras inglesas que me davam, uma a cada vez em minha meninice com a face da bela Rainha, mas ovos de oiro do espirito e da boca, como uma moderna contadora de histórias e mentiras como hoje pululam nos medias, pois em verdade, pelo saco e pela disposição das figuras, a menina, o ganso em cima da Pipa, nome português e inglês, o vinho ou o sangue entornado e a casa, encontram-se em segundo plano, ou seja, como a ilustração, colagem, mostra, de alguém que está por detrás, o que neste contexto deste crime corresponde, a quem está por detrás do crime do roubo de meu filho, provavelmente porque pôs uma serie de ovos de falso oiro para servir o propósito de o roubar.



2.A. DE UMA RAPARIGA SEMPRE OCULTADA NA CASA DE TRÁS NO EIXO DESTA ONDE VIVO

Curiosamente ou não, pois sombras espelhos e meio espelhos, isto é, espelhos deformados e deformadores, um dos temas das cartas na Bíblia incluída neste documento, pag…, que bem espremida fala de um monstro sem obviamente falar das então esperadas e consonantes monstruosidades desse monstro, o que é desde logo suspeito, como é de suspeitar do labirinto estilisticamente bem construído, para que o leitor de “ enjoado”, nem se aperceba de perguntar se se der ao trabalho de o ler até ao final, mas então, esse monstro, porque era monstro? , existe desde há alguns poucos anos no eixo das minhas traseiras, isto é, da casa onde estou, um par, um curioso par, que tem quase sempre as cortinas de castelo como medieval de baixo custo hoje à venda por preços acessíveis nas superfícies de Alfragide aos bolsos de quaisquer pretendentes a quaisquer tronos e reinos e reinados, e se o rapaz de barbas se vê de vez enquanto, por exemplo na cozinha, a rapariga, essa prima por sempre se esconder, e não considero esta afirmação subjectiva e vos dou um exemplo.

2.B. DA MENINA DE RABO DE CAVALO QUE FUMA SEMPRE ESCONDIDA

Fuma essa menina de rabo de cavalo como a do desenho do saco de Francisco, e cada vez que a vejo a fumar mesmo em dias frios à janela da cozinha que tem um reposteiro cinza do lado esquerdo que a esconde e só se vê a mão e o cigarro e isto é feito por uma habito de cuidado, ou seja, existe pelo que nas vezes vejo destas minhas janelas, uma postura de encobrimento, salvo uma excepção recente pela noite na sala com mais um terceiro, as cortinas estavam abertas e plena de luz.

2.C. DO BRAÇO E DA MÃO DA GARRA/ MSN/ MARIA JOÃO RUELLA/ PR/HAMSTER/DA FIGURA ASIÁTICA NO PAINEL DO JAPÃO TSUNAMI 2011

O outro facto sobre esta casa, que vos dei conta foi um acto do rapaz, à janela, expressamente para que eu o visse, o braço esticado para baixo com a mão aberta, ou seja o gesto de mão estendida e de garra aberta, como ao tempo o tinha referido a partir de uma imagem do MSN, de Maria João Ruela, no dia em que o criminoso presidente actual a convidou para assessora, ou seja, em suma, esta rapariga de rabo de cavalo como a da casa da floresta, nestes dois factos, acrescentaria, de um rapaz de um braço da garra, e, ou, a menina do lume ou do fogo na mão, entendível como a brasa do cigarro a arder.

2.D. DE NAMOROS ENTRE JANELAS CLÁSSICAS

Curioso detalhe este deste casal em frente ao mesmo nível da habitação onde me encontro, pois me fez lembrar uma memoria que ouvi a meu pai se meu pai, que no Porto, na casa dos meus avos paternos que ainda conheci, depois da ponte Eiffel se bem me recordo, me contou ele que conheceu a minha mãe que morava nos prédios das traseiras deles, e que começaram a namorar pela janela, hoje esta realidade translada-se para outro tipo de janelas a que chamam de virtuais e que permitem todo o tipo de engodos, de crimes, e de ilusões de amor e de namorar, pois até as faces são nas vezes falsas.

2.E. QUE MINHA MÃE ESTEVE PARA CASAR COM UM OUTRO

Coisa aparentemente normal nos amores dos homens e das mulheres, que uma vez tinha ido falar com o outro, para lhe perguntar se as intenções relativas à minha mãe eram sérias, e ao que parece não seriam, só posso neste momento deduzir, e à luz de alguns conteúdos do P.D.V., nomeadamente sobre a morte do Conde de Orleans, e com a referencia especifica a Portugal, a carros, a actos de caça pela noite, que curiosamente ressoa também numa historia do meu avó pai de meu pai, se o for, me começo a perguntar, se minha mãe estaria grávida de outro homem quando casou com meu pai.

DE UMA CARROÇARIA QUE LITERALMENTE SE DESPEGOU DO CHASSIS

A historia que meu pai me contou sobre o meu avo capitão, era que ao tempo ao que parece ele e os irmãos tiveram um dos primeiros carros em Portugal ou pelo menos no Norte, e que nas correrias, ao que parece uma vez, a carroçaria literalmente se saltou ou quebrou do chassis, coisa mais ou menos vulgar de acontecer aos carros desse tempo, provavelmente com a carroçaria ainda de madeira.

AINDA DAS ESTRANHAS POSSÍVEIS EQUIVALÊNCIAS COM O CONDE DE ORLEANS

Não fossem as datas referidas no artigo, se não expressamente trocadas, ainda me punha a pensar se esse estranho contexto da notícia, referência a este assunto, não terá correspondido a uma outra historia, quiçá, de uma rivalidade amorosa ou de tris as perdizes com vem referido, ou mesmo outro tipo de perdizes, como a que passo ver por cima da figura do veado que aqui no escritório se desvelou depois de ver o filme da Rainha.

2.F. DE GANSOS DE OIRO, E DA CASA PIA E INSTITUIÇÕES SIMILARES

Muitos tem parecido ao longo este crime de conspiração, algumas supressas, como a de Bill Clinton, a ser, verdade a noticia, ou de jogadores de futebol, e uma estranha sensação de apoio, pelo reconhecimento, porventura, de um sinal de pertença, que obviamente se pode fundar em razoes bem distintas.

Gansos, é nome das crianças da Casa Pia, e de caos de abuso com vinte anos que surgiram também pela minha escrita publica antes do roubo de meu filho, o que como diversas vezes tenho sustentado, é uma das razoes do roubo dele, e dos constantes crimes das diversas associações de malfeitores dos partidos políticos.

2.F.1 DE UMA FIGURA DE AUTORIDADE NACIONAL, RELACIONADA COM OS TRIBUNAIS E PS E ABUSOS DA CASA PIA

Ainda da Casa Pia, caso que surgiu ao tempo antes do roubo de meu filho, e do lançamento do meu projecto online, Canal Zero, depois roubado como YouTube, um dia de uma entrevista na RTP do Porto do Monte da Virgem de promoção do referido canal de TV em internet, a prisão do deputado dos socialistas , Paulo Pedroso, e o escândalo do irmão dele, juiz, aparecer de seguida como advogado dele, um facto que se encontra narrado no livro da vida sobre um aparente apoio medico da América a crianças da Casa Pia, tratamento de dentes com material venenoso, já ao tempo assim considerado, o chumbo, Paulo Pedroso do grupo de José Sócrates, ex-PM-PT.

2.F.2. DA PRESENÇA DESTA FIGURA EM LONDRES 91/92 ALBUNS, POSTAIS, CAMDOWNTOWN

Analisados em detalhe numa colagem dos postais dos álbuns, comprados na mesma loja e tempo dos outros aqui incluídos neste documento, neste caso numa bela litografia de Michael Parker, o pupetmaster, o que puxa os cordelinhos, neste caso uma importante figura neste contexto, o tigre, e o puxa pra a menina meia nua amada pelo ganso que parece estar por cima da cabeça do pupetmaster, ou seja, o que parece ser um amor de engano para trazer um tigre para a comer, este postal com dois outros de Jan Saudek, analisados em detalhes na analise fina dos dois álbuns comprados na chalk, farm, gallery, ou seja, o giz da farm gallery, um nome que ressoa no filme, a Rainha, Ham e farm, em Farmhouse, um nome do Pestalozzi, e giz, em poeta incluído na analise e agora recentemente na casa contígua à loja da ligação Vodafone na Prior do Crato.

À luz das linhas eleitorais de Hillary e de Trumps, me pergunto se não será essa casa um espelho do tal banco que ao lado do escritório dela (de Hillary) lhe roubou os 3 000 emails, talvez um só cabinho a mais no router, e um hi-fi depois instalado, para assegurar o roubo mas isto é só, neste ponto, uma dedução com base na “ imagem” ou factos reais da campanha americana como comentado ao tempo, tem belas jeans na montra com fiadas de rosas bordadas, espero eu que não com espinhos venenosos, ou talvez de Espinho. Voltando então a uma tentativa de síntese sobre as casas.



Fim desta transcrição

Lisboa, paulo forte, 20 01 2018



Sem comentários: