sexta-feira, agosto 10, 2018

WORLD WILD WAR

WORLD WILD WAR

Mais uma vez, DIA 26 07 2018, fiz prova através de uma publicação de que relativamente simples operações numéricas através dos sistema operativos da Microsoft e de aplicações terceiras mas nele integradas não funcionam e consequentemente nelas não se pode fiar.

Estando NASA de novo na mesa por diversas razões e encenações de diversos me fiquei a perguntar, mas será que a queda do Shuttle se deveu a um erro de cálculo devido aos sistemas operativos de computação?

E também me perguntei e vos pergunto, mas será que esta falta de fiabilidade existe também na América ou será só feita para exportação, que a ser verdadeira esta possibilidade diria de uma intenção planificada de dolo em relação a diversos países do mundo.

Ou são estes crime forma de alguns angariarem um exército e um vontade de guerra contra a América, pois a não resposta sempre lhes é assacada na consciência das vitimas.

Ou ainda, estas discrepâncias de cálculo são só feitas relativamente a quem os terroristas querem foder?

Vos fiz duas provas de semelhante natureza, onde numa soma de tempos parcelares relativo a conteúdos que são imagem e som, no produto final, ou total, o vídeo montado, isto é, com todos os takes em sequência e sem nenhum corte, alguns minutos desapareceram.

Quando um utilizador, ou uma vítima desta realidade nazi é confrontado com estes roubos através de cálculos simples se tem que perguntar e tem que vos perguntar, mas será só na soma da contagem do tempo, ou também serviu e serve para criar dívidas astronómicas a países para depois lhes pôr a canga?

Ou ainda, quando somo euros e cêntimos na minha empresa, ou num banco ou mesmo no ministério da economia, também desaparecem no total, alguns cêntimos, ou euros e em soma de todas as transacções, milhões ou mesmo mais?

Quantas transacções e cálculos financeiros e pagamentos e recebimentos fazem-se hoje em dia por segundo no planeta? Alguém sabe responder?

E ainda são usados e se o forem, em que percentagem, a mão, o papel e o lápis, ou o abacos, ou mesmo as máquinas que antigamente se chamavam de electrónicas para as gentes fazerem contas?

E me dizeis ainda, se ainda trouxeram boca, pois todos os dias o que vos fazeis no sistemático silêncio às queixas é a prova da vossa culpabilidade, os mesmos erros, se passam no cálculo de uma trajectória de um míssil de preferência com uma ogiva nuclear assistido por sistema de computação?

As estratégias de guerras desde que o homem é homem, sempre comtemplaram tácticas de estrangulamento, enfraquecimento e destruição do poder económico dos inimigos, ou vos haveis esquecido disso.

Com as maravilhosas capacidades destas tecnologias ao serviço do bem, é bem possível que quereis dominar o mundo inteiro sem mesmo lançar uma bomba nuclear, o que será sempre avisado, pois não há fronteiras nem taxas no ar e na água que circula na terra.

Mas qual inimigo, se não vós mesmos que fazeis e vendeis estas tecnologias e as usais em crimes de todo o tipo, ou a segurança é uma ilusão de propaganda da guerra global.

Para não relembrar aqui coisas menores, como filhos roubados, tortura, morte matada, desrespeito pelos direitos humanos, de propriedade, coisas assim insignificantes e obviamente sem qualquer importância, ah, já agora, também desse belo eufemismo funcional, direitos dos consumidores da carne de sempre para todos os canhões.

Sem comentários: