sexta-feira, setembro 28, 2018

A BIG WAVE REPRESENTATION?



https://www.msn.com/en-us/video/tunedin/plane-crash-lands-into-lagoon-all-passengers-and-crew-survive/vi-BBNFiF2?ocid=spartanntp

911 A NEW ATTEMPT OF MURDER, 11 BLADES

tothegreatbritainbelovedone.blogspot.com/2018/09/276-911-new-attempt-of-murder.html

275.PARECE-VOS TER ESTE OBJECTO PERNAS, RODAS, OU ASAS?




http://tothegreatbritainbelovedone.blogspot.com/2018/09/275parece-vos-ter-este-objecto-pernas.html

274.QUEIXA-CRIME POR SUSPEITA DE ENVOLVIMENTO, E, OU, COBRIMENTO DE MAIS ESTA TENTATIVA DE HOMICÍDIO CONTRA O GOOGLE E TERCEIROS DESCONHECIDOS BEM COMO DE PARTICIPAÇÂO EM OUTROS CRIMES DE SANGU

Da ultima vez que aqui entrei neste planeta de guerra mundial vos publiquei um pedaço da historia de mais esta tentativa de assassinato em imagens e como também provado na mesma sequência de duas publicações (dois posts seguidos), algumas fotos foram adulteradas e até rejeitadas pelo servidor do Google, ou seja e à primeira vista, poderia até pensar que não terão sido eles a adulterá-las mas que já sabiam que as tinham alterado, e se assim for, só faltaria mesmo saber o resto, e porque também nunca se sabe o resto, isto é, quem são os filhos da puta terroristas que o fizeram e fazem e continuam a fazer todos os dias em relação a todos os meus conteúdos e se o Google o sabe porque os protege, e que interesses criminosos protegem por extensão?

MAIS EM
http://tothegreatbritainbelovedone.blogspot.com/2018/09/274queixa-crime-por-suspeita-de.html


THE CRIMES OF ROMAN CHURCH AND A DEATH OF A CHILD

AT MTY BLOG
http://tothegreatbritainbelovedone.blogspot.com/2018/09/272-roman-church-crimes-extract-of.html

WORLD WIDE WAR


Queixa-crime contra Microsoft Google, Vodafone, Nós, e outros desconhecidos

Aos canalhas Nazis, que hoje é quinta-feira, e depois os vossos crimes são quotidianos repetidos em forma diária por décadas sem que ninguém vos prenda, e sem nenhuma resposta como é usual de criminosos convictos, visto que a ultima queixa que apresentei no espaço publico de comunicação, ouro sobre azul, a fiz já no sábado passado, e porque hoje é quinta, e amanha se o mundo não acabar para vocês, será sexta, e porque os vossos crimes se repetem como os dias, aqui fica mais uma queixa na esperança que o Diabo vos coma inteiros, visto que repostas e lei é coisa nem vista, relembrando que a vossa afronta sobre as eventuais medidas de segurança contra scuds e afins em dicionário legados marcianos tipo de pelos púbicos russos como forma do que parece ser uma maneira de escapar com o cu à seringa, como detalhado em pormenor ao tempo do seu acontecer quando comprei o Word que trago em CD e fui ao falso forte dos combóis da Microsoft na Expo por causa deste mesmo assunto, dos pacotes de línguas não molhadas como a tua ausente, amada, e que os senhores deram através da menina que me atendeu, Patrícia Sequeira e como é usual, uma não resposta, e já lá vão uns largos anos, espantoso, e mais me espantaria se os vossos crimes ainda me espantassem, pois parece estar entranhado no vosso código, mas genético, certamente.

Como de costume e também o que prova o ganho da Microsoft neste crime de roubo de um filho e dá suporte a minha acusação de participação activa no crime de escravatura montado num roubo de um filho do qual nada sei, os pacotes de línguas passado algum tempo começaram a se disponibilizados online e integrados nas versões de software deles, sem que os crimes através deles tenham sido resolvidos, visto ainda acontecerem.

Para quem não saiba os bandidos da Microsoft estão num antigo pavilhão da Expo, moderno, mas com um revestimento todo à volta que dista da parede de pedra e cimento e vidro uns palmos, e que consiste em tabuinhas com frincha talvez de palmo e meio entre elas, evidentemente não para traficar o produtos dos constantes roubos, nem para passar as crianças pelos muros das vergonha e cruéis que os separam dos pais, nem para bem defender as setas dos Índios certamente de pelos púbicos russos e marcianos, deverei insistir!

Depois de mais algumas semanas sem ligar o ACER à rede e depois de novo ter apresentado também sem resposta mais uma queixa-crime contra a Symantec, por o que suspeito participação conluiada em crimes de roubo de informação e espionagem, ao liga-lo e através do sempre processo criminoso das actualizações Microsoft e dos problemas que dizem as contas terem com uma hiperligação ao lado que ironicamente diz, fix, e que não actualizam nada, mas servem essencialmente para apagar os traço dos crimes anteriores, mais uma vez desapareceram informações sobre o meu acesso à conta da Microsoft, os correios electrónicos enviados anteriormente pela mesma conta também desapareceram, nomeadamente o correio electrónico onde apresentei repetida queixa ao grupo alemão Magix sobre os constantes e repetidos crime de impedimento na activação dos codecs da minha aplicação comprada e genuína, ou seja, um do propósitos terá sido este mesmo, apagar esta prova de mais uma reclamação, num contexto de pelo menos uma explosão no seguimento da cimeira do Canada, na Alemanha entre outros factos de continuidade de sangue que sustenho ligados como explicado em outro documentos neste tempo, e por fim, via os tais códigos pelo telefone que dizem servir para confirmar o acesso à conta, e que creio poderão servir também para activar mecanismo criminosos de ligações instaladas no pcs em formas criminosas, me deram um código de recuperação que não explicam nem para quê? Ou será ainda mais uma construção com objectivos criminosos?

Da mesma forma, me apareceu associado à informação do Kubo na pagina da conta da Microsoft, uma hiperligação que dizia de código do bit locker ou algo assim, e na verdade aparentemente o kubo deverá ter a drive mais ou menos ou falsamente protegida visto que o cadeado está lá, o símbolo, mas sempre aberto, e geralmente costuma no final da encriptação fechar se bem me lembro do sinal gráfico associado à operação, ou seja, me pareceu que eventualmente seria mais um crime para ficarem com a chave que é gerada no computador do utilizador quando se procede à operação de encriptação, ou seja, aponta isto, e de novo eventualmente, um servidor falso com clones das paginas da Microsoft sendo que me pareceu ser eventualmente uma operação feita no Brasil ou através do Brasil, e sendo, que NASA aqui me parece ser ainda uma mascara de outras quedas de outros aviões como sabeis.

Como sabeis, me roubaram antes e recentemente disso dei conta, aqui de casa, os recibos das compras destes dois computadores tanto o Acer como do Kubo, e sendo que também como sabeis pelo que vos narrei, aquando da compra do kubo, na mesma conta onde tenho os dois aparelhos ou armas de guerra, tinha conseguido criar um numero único de identificação, ou seja, parece-me que outro dos prováveis objectivos criminosos de mais este crime, tenha sido eventualmente mudar os números para disfarçar uma eventual troca de um ou mesmo dos dois PCs por outro preparados em forma ilegal e criminosa, agradecia resposta de acordo com a leis, canalhas!

Aconteceram estes crimes na ligação do café Copenhaga na Av. Prior de Crato, que segundo me parece tem uma ligação Vodafone, e sendo que ouvi por terceiros referência a uma outra empresa provedora destes serviços, a Nós, e sendo que no próprio café continuam as encenações que advêm desde há mais de dois messes sobre trocas de equipamentos num estranho contexto de NASA e feito por gente brasileira, estas encenações ou o que for, refiro-me às de agora no âmbito destes crime.

Continua o mesmo crime, as actualizações não actualizam, depois o PC tenta instala-las e depois desinstala e assim roubam entre outras coisas talvez duas horas da vida de um homem a cada vez que liga o PC como bons esclavagistas que são para além de sádicos e filhos da puta, como recentemente vos fiz prova em vídeo.

Já que falamos de quedas de aviões e de facas, vos devo recordar que a Casa das Tabuinhas como aqui vos relembrei relativamente à sede da Microsoft na Expo, é também pedaço da leitura sobre a morte de Vanessa no lago do Toco/ Brasil, preparada ao tempo por terceiros desconhecidos, provavelmente do grupo do MNE, no jardim em frente do MNE como vos dei conta em todo o detalhe.

Em todos estes crimes de agora que são constante e cada vez mais frequentes ao longo de quase duas décadas, é evidente que tentam também, apagar da memoria futura, o histórico das navegações e dos factos de sangue deste 911 como vos disse de ter até detectado há alguns anos atrás nas imagens das televisões americanas sobre a memória da tragédia, de apagamento de memoria em memória vos deixareis apagar a todos em vossa existência humana que se baseia sempre nela. Não gosto de me repetir, só mesmo beijos e comida quando há fome.

Lisboa, 27 09 2018