quarta-feira, abril 10, 2019

DO PORQUE DO CRIME NO ULTIMO VIDEO ABAIXO PUBLICADO






O take grande roubado no vídeo anterior é uma conversa com a Charlize Theron a propósito do filme o Advogado do Diabo, que como saberão pelos menos os ladroes é tema importante na análise do 911, e penso que esta simples explicação diz tudo das intenções e natureza dos filhos da puta ladroes por detrás de mais este roubo, que acontece a cada vez que gravo qualquer coisa, ou escrevo ou desenho ou tento fazer o que for.

Ou seja, e ainda em termos claros, reforça como sempre a suspeita de proteção de interesses criminosos relativos ao 911.

Como entendereis , pelas datas, e para alem de continuarem a mudar os números dos próprios takes, pressupõem uma vítima destas tecnologias, que quando em lote se coloca numa timeline de um qualquer editor de vídeo, que os takes sejam dispostos na ordem sequencial e tal como entendível no vídeo mais uma vez assim não se passa.

O ultimo take ficou também cortado, devido a falta de (MEO ria), memoria no cartão, um nome que aqui aparece, os filhos da puta do MEO e da PT, que estavam citados na explicação sobre o 911, no sentido dos valores da cadeira de design ao lado da foto da Rainha (no número da Amateur photographer 71 ou 74?) e da Ordem do Banho, um facto real há anos numa capa dos filhos da puta do outro ramo desta associação de bandidos, o DN, e que é um valor como sempre complexo em relação às peças do labirinto que através e por crimes de espionagem e constante devassa sempre estes filhos da puta fazem.

Hoje de manhã, mal comecei a transcrever os takes do cartão para o PC, alguém que se encontrava aqui em cima do meu escritório começou a movimentar-se dum lado para o outro, um padrão sistemático a cada vez que começo a trabalhar em vídeo que sempre me diz que os filhos da puta estão por vezes horas calados como ratos à espera desse momento para foderem os takes que os perigam, outro padrão, é alguém que sai logo a correr do andar do Amílcar, seja a que hora for, ou seja, uma puta criminosa que logo transporta o roubado, seja vídeos ou textos ou o que for.



Lisboa, 10 04 2019

SEMPRE O TAKE MAIS IMPORTANTE FODIDO, ISTO É SEM FODA NÃO ABRE NEM FUNCIONA

QUERO ESTES FILHOS DA PUTA PRESENTES NUM TRIBUNAL

478 MEGAS, UM GRANDE IMPROMPTU  SINOPTICO SOBRE ASPECTOS DE TSUNAMIS ENTRE OUTRAS DESGRAÇAS


MAIS DE UMA HORA PARA CARREGAR ESTE VIDEO

PORQUE?

PARA VEREM SE AINDA CONSEGUEM FODER MAIS ALGUMA COISA E APAGAR ALGUMAS DAS IMAGENS E DAS PALAVRAS QUE OS FODEM




foda-se, foda-se, foda-se, ainda por cima sem mesmo o poder fazer e se fizesse não seria foder

estes caralhos tem outra vez uma programação nos teclados, o que aumenta as naturais dislexias, ou seja induções de segundos sentidos assim obtidos pelas adulterações, nada de novo no inferno no tocante a esta técnica nazi dos merdrosos.



o corrector ortográfico do Word, versão comprada, topo do inferno, sem nenhuma bela nua ainda por cima, nem a possibilidade de ter as duas versões da lingua portuguesa e muito menos da tua que és muito feiosa por ausente, pois como sabeis as versões anteriores tem três possibilidades, pré acordo, pós acordo ou ambas, e isto para alem de reforçar a suspeita de copia traficada ou adulterada com fins criminosos visa e cria também a confusão, ou seja, um crime nazi com o equivalente propósito do anterior acima descrito!


DEVIDO AOS CRIMES CONSTANTES DE ADULTERAÇÃO O TEXTO (SOV) SOBRE ROUTERS, FACTURAS E VENENOS


ESTÁ CORRIGIDO ONLINE, ISTO É, DEVERÁ NO RESPECTIVO POST SE ENCONTRAR CORRIGIDO TAMBEM MAS POR VIA DAS DUVIDAS AQUI O PUBLICO EM PASTE SE O CONSEGUIR

TEM ALGUNS POUCOS ACRESCENTOS POR DESENVOLVIMENTOS

Router, faturas, e venenos, sobre os últimos roubos e crimes

Como sabeis de récita em vídeo recente, neste fim de semana que passou de novo me entraram em casa sendo o elo do crime deduzido pelos factos, a senhora da limpeza, ou seja, saberá ela quem encomendou o ato e por que razão nele terá participado.

Esta é a minha convicção como de pode entender pelo relato dos factos e de novo como em tempo recente nesta sequência de roubos contínuos de chaves de softwares ela me mentiu, neste caso sobre a razão pelo qual do patamar do coronel da NATO me disse, porque estava a porta do átrio do prédio aberta.

Mas que ato e que crime é este?

Será a primeira questão, para alem da assinatura que como sempre deixaram em casa quando entraram no espaço de tempo, em que subi ao primeiro andar e vi as duas cenas preparadas na rua, provavelmente para ganharem tempo, o Audi TT a partir, e o outro que saia do carro e tirava o papel molhado do vidro, ou seja, duas linhas já anteriormente consteladas por terceiros em forma complexa e organizada, ou seja e ainda e só por estes factos, se fala aqui de uma associação de bandidos.

Se somar o facto introduzido por minha mãe este fim de semana de que vos dei conta em vídeo, estranho pelo “tom” emocional, que mais uma vez me fez ficar a pensar se não o teriam induzido ou mesmo hipnotizado como creio fazerem por diversas vezes, sobre o numero errado dos meus anos agora que na 6 feira passada fizera anos, o que no entretanto descobri aqui em casa, ou seja, como sempre estes filhos da puta prepararam logo informação e contra informação às camadinhas quanto mais não seja visando sempre criar  duvidas nas vitimas, foi antes de ontem, com este estranho dizer de minha mãe ainda a bailar na minha consciência, que o numero que consta de duas faturas semelhantes que se encontram na minha carteira agora nestes dias da compra ultima feita no centro comercial dos bandidos e especificamente na associação de bandidos da Worten/Publico/Sonae, (onde um outro tema e uma relação se encontra como sabeis em cima da mesa e torpedeada, a revista dos ladroes da SPA, onde pautam estrelas criminosas como o atual presidente da república, o que dá desde logo a dimensão e o quadro das necessárias proteções e compadrios criminosos, e onde os assuntos entre outros se estendem até a pedras cubicas, ou seja , assuntos de tsunamis), onde na fatura se encontra o número do IMEI do router que me permite este acesso a internet que agora desde há uma semana e poucos dias estou a usar, é distinto do IMEI que se encontra dentro do próprio router colado num autocolante.

(Como sabeis e devo aqui frisar para que se não esqueça a dimensão de algumas destas facetas, que existem via as recentes obras e crime aqui em casa na casa de banho muitos outros valores relacionados com tragedias de atos de terrorismo internacional, desde NASA a Londres, através nomeadamente dos conteúdos também recentemente reintroduzidos em cena, através a Amateur Photographer 71, que por sua vez relacionam ou são passiveis de entendimento no âmbito do tsunami e recuando até a temas e factos da visão de 95 (ano da eleição do criminoso mor dos socialistas António Guterres.)

Ou seja, como se pode entender, aqui existe como de costume nestes crimes de associações de malfeitores um conjunto de possibilidades, ou seja e ainda e como sempre, exímios na criação dos labirintos e no disfarce dos crimes o que simultaneamente traduz sempre um elevado grau de pensamento e elaboração dos próprios crimes.

Mudaram a fatura aqui agora ao entrarem através do isco montado com a senhora da limpeza?

Mudaram o router? E se esqueceram ou não tiveram tempo de mudar as faturas também?

Porque tenho eu duas faturas dos terroristas da Sonae Worten agora dentro da carteira iguais?

Pois não me recordo de me ter dado o rapaz simpático que me atendeu duas, embora mesmo no ato de compra e de pagamento e de saída se tenham desde logo passado factos que considerei suspeitos.

Primeiro, o rapaz que me passou  fatura e recebeu o dinheiro em numerário era já o segundo que apareceu depois de ter sido acompanhado por um outro desde o início, que me ajudou relativamente à compra de diversos equipamentos, ou seja, achei um bocado estranho no final aparecer um segundo, se bem que justificável aparentemente por uma necessidade de informação sobre um especifico equipamento.

Dois, quando ia para pagar, ele me disse que se poderia fazer numa caixa isolada que lá existe ou seja, fora das normais caixas de pagamento da loja, de tal forma que lhe perguntei sobre isso mesmo, pois foi a primeira vez que assim paguei, ele me respondeu que nos casos em que as compras eram acompanhadas desde o principio que tinham eles funcionários a possibilidade de proceder ao pagamento; o segundo aspeto foi de novo a questão do número de contribuinte, a conversa que vos relatei e que tem acontecido com alguma recorrência em diversos lugares, pois dizem que sem numero de contribuinte, não se pode pôr o nome, e eu vos digo, não existem números seja de que natureza for se antes não estiverem associados a um nome. Ele começou por me dizer o mesmo que assim a fatura não saia, mas digitou o nome, sem contribuinte e ela foi impressa, ou seja, ou há manha aqui, ou mudaram desde já o sistema de faturação como deverá ser feito.

No meio desta conversa, não me dei conta de ter dois papeis iguais como agora descobri na carteira, ou seja, existe aqui um valor simbólico que pode ou não corresponder a uma realidade de crime, como também vos comentei em vídeo recente sobre os crimes do router, o de terem um mecanismo de splitter como se chama em inglês, uma ligação que no fundo são duas, ou até mesmo mais do que duas, que reparte o sinal e consequentemente as mensagens, ou seja o que as vitimas produzem ou tentam produzir nesta realidade cada vez mais canalha e nazi, onde nada como sabeis do que se tenta fazer nestas e através destas tecnologias é integro, ou seja, corresponde ao que cada um faz ou pretende fazer!

Terceiro, um sincronismo que me pareceu preparado em termos narrativos por uma bela de lá quando eu saia ao passar na zona das comunicações moveis, saindo de uma porta  com um barulho tipo o que tinha sido também “apresentado” antes nas compras do Acer e do Office na Media Markt de Benfica como vos relatei em todos os detalhes em vídeos, ou seja, o valor de corte, de serra, de alguém das telecomunicações moveis que sai ao meu passar, como sabendo que eu iria passar, ou seja, um valor igualmente quadrável no acima descrito sobre o splitter de comunicações e de routers e começa como normal neste crime de roubo de uma criança, a cheirar a que andam a montar nos crimes averiguações sobre nomeadamente duas matérias, pois por um lado, Tim (Xutos/ SPA/ edições piratas), cujo nome me apareceu aqui na escrita e depois parece isto ainda, Pedrogão Grande, um nome curioso como vos disse em comento recente, pois é uma misturada de grelos destes filhos da puta bandidos, desde EDP, NASA, pedra grande, ou pedra cubica, etc. todos estes valores se encontram como sabeis analisados por mim em detalhe e evidentemente alguns continuam até em cima da mesa a que sempre roubam e adulteram, nomeadamente através destes crimes, como considero provado, da e através da SPA, que pelos conteúdos se estendem também a outros territórios europeus.

Ainda dos crimes no router vos direi que (AOL) ao ligá-lo pela primeira vez me apareceu via o menu dos sistemas criminosos da Microsoft ou por terceiros modificadas, como sabeis estes filhos da puta também fizeram crimes na minha conta e na pen do OS e na imagem disco ultima instalada como narrado em detalhe, ou seja e ainda e como sempre estes filhos da puta criminosos e terroristas elaboram estes crimes em detalhe e também constroem em detalhe as camadinhas do que aqui mais uma vez defino como informação e contra informação, de forma a sempre dificultar a compreensão fina dos crimes, sobretudo para as vitimas.

Nas primeiras vezes a o menu da Microsoft dizia que a password não correspondia à password que segundo a manual do router corresponde aos últimos algarismos de um destes identificadores, não sei de memória ao certo se ao imei, ou ao mac adress ou puta que vos pariu a todos, canalhas destruidores do universo inteiro, para alem de assassinos singulares e coletivos!

Pois não sei eu se mudarem ou não, o router, para além do que vos digo aqui, se a mudança do número terá sido preparada via a fatura na loja, mas sei que tenho estado toda esta semana como já vos dei conta em vídeo publicados até ao dia de hoje, com problemas cardíacos, como sempre num contexto onde notícias desta semelhante natureza me apareceram também no MSN GB, como o caso do Mick Jagger numa sequência que mistura como vos expliquei ainda facas e gentes morta a facada, e tronos pelo menos em  séries de TV ou quejando, ou seja, o tema antigo dos contractos dos lobos, ou seja e ainda, não sei se aproveitaram para por uma qualquer veneno, se calhar trocaram a carne no frigorífico com outra previamente preparada, pois suspeitos que é um dos mecanismo de envenenamento presentes neste crime há mais de dez anos, como também ao mesmo tempo e de novo, apareceram frinchas no forro do teto do meu escritório e os displays das maquinas de lavar pelas três da manha e  ruídos dos sopros, ou seja e como sempre, estes filhos da puta nazi logo disfarçam, pois a vitima, pensa, mas foi nas costeletas, ou pelos buracos ou por onde!

Já vos disse filhos da puta deste sector de peste negra, e vos torno aqui a repetir, estes sistemas que ligam territórios, ou seja, aqui entendidos como prédios, é uma forma planificada pela falta de segurança de todos estes equipamentos e tecnologias, de provocar constantes guerras entre vizinhos que habitam num mesmo prédio, e nas vezes estas merdas matam, seus filhos da puta de políticos criminosos, pois parecem não entender isto, visto que continua a bandalheira criminosa e os conflitos a aumentar todos os dias e as crianças a serem mortas com facas, filhos da puta, que a ausência de regulação desta bandalheira faz de vos todos cúmplices de sangue!!!

Querem o quê?

Promover guerras civis para entreter o povo dos vossos negócios de carnes sem pão nem água nem bom vinho de Amor!

Não só o coração me afetaram como deste vez fiquei com a cabeça literalmente em agua, isto é, existe aqui também uma vertente de impedimento como é habitual neste pais de canalhas,  provavelmente de forma a ganharem tempo para virar o bico ao prego, aspetos referidos em texto ontem publicado e onde por exemplo sobre o Nose e uma das raízes deste símbolo que se tornou importante em diversas análises desde o 911 até GB (na variante da mascara que advém também desde pelo menos 71, e dos metros e do filme) foram no entretanto roubados dos meus folder, e todas as imagens que dão imenso trabalho a extrair , do filme do advogado do diabo se encontram como de costume e já, em baixa resolução e quero estes filhos da puta presentes num tribunal!

E não sei se ainda mudaram umas drives pois uma delas ficou cheia de repente e não creio ter sido por beijos e ainda me apareceram ficheiros no PC que não estavam antes, e que fazem como de costume uma confusão tremenda e instala a dúvida real se são copias preparadas com códigos para apagar o resto, e a puta que vos pariu a todos

A história dos venenos se tornou bem mais complexa a atender ao contexto as notícias de ontem do outro lado do atlântico e do office, dizia Obama com cara de pau e vestindo antes um casaco tecnológico xpto numa outra imagem das mesma sequencia de noticias, que se se candidatasse outra vez ao Office, sem mencionar a versão,  a Michele o deixaria,  e Trumps na função de presidente, desenhava a assinatura com uma equivalência a um dos meus desenhos síntese sobre o 911 e a mulher das penas de pássaro, ou do Octupus, (incluída num dos recentemente  documentos publicados sobre a queda das torres e em outro interrompido pelos bandidos), e emprestava a da caneta a Natanael, e a voz de Obama falava ainda, dos círculos de fogo de proteção e de tiros entre amigos e um sem fim de outros sentidos reais, e o Príncipe William me apareceria com um raminho de oliveira no chapéu como as pombas há anos ao passarem sobre minha cabeça nos meus dias de anos, e a olhar um computador onde o cabelo lateral dele reflete estranhamente a unha que aqui aparecera no transfer do anel dos pratos do compass, (últimas (liam) referencias, os pratos o “anel de casamento” e um filme com Nicole) tudo muito estranho como entendível, mas me dirão assim parece ser a comunicação pública de hoje em dia.

Também comi uma sandes de atum em frente aos bandidos como eles sabem que é meu habito, talvez lá me puseram alguma coisa embora sejam todos muito simpáticos e falavam da chefe que não era chefe e que estava de cara meio de pau, (ou seja o que depois à luz (lua= máquina de lavar?) da imagem de Obama, parece ter uma intenção de espelho, sendo então a chefe, imago de Michele) e a sandes era a ultima o que é sempre preocupante para quem está sujeito a constantes perseguições, e na tabacaria apareceu-me de repente uma Banshe assim tipo Nicole a trezentos à hora e eu disse ao rapaz que queria iguais aos dela, e ele me deu dos meus mas versão hortelã pimenta ou o caralho que seja que não prestam ao meu sabor e também me puseram acho eu, a muito feiosa Cameron Diaz na sequencia das faces no belíssimo documentário de Bertrand que recentemente vos linkei,  a sorrir-se muito belinha de amor, e se a for e assim sentir, que venha cá para eu lhe dar beijinhos, que é o que um rapaz sujeito a estas condições nazis diz a uma feiosa rapariga quando a vê assim a sorrir-se de amor, e lhe prometo como bom pirata, que só lhe acerto no olho, e se for o caso de algum farrapo ficar a repousar em seus cabelos lhe prometo que os lavo todos um por um com a minha língua.

Lisboa 09 04 2019

Paulo forte


Paulo forte

PS:  hoje ao rever as imagens da assinatura da sequência do presidente Trumps, me pareceu que ontem Natanael estava com uma gravata preta, não vermelha como hoje a vejo no que publiquei no meu blog, ou seja, uma construção reforçando ao valor de negro e vermelho, como no meu título sobre noticia inglesa dos pratos e do anel.